Por: João Marcos | 4 anos atrás

É isso mesmo que você entendeu. A passagem volta ao mundo permite que você faça a volta no globo com um único bilhete, fazendo várias paradas pelo caminho. Pra quem sempre sonhou em fazer uma volta ao mundo ela pode ser uma boa solução e sai bem mais em conta do que você imagina.

Passagem_RTW

O que é a passagem?

A passagem é chamada de RTW (Round the World) e pode ser composta por 16 trechos, saindo e retornando ao mesmo ponto, fazendo a volta completa do globo. Atualmente existem 3 alianças que oferecem esse tipo de passagem e é claro que algumas regras devem ser seguidas.

Conheça as principais regras:

– O viajante precisa fazer a volta no globo em um único sentido
– A viagem deve durar de 10 dias a 1 ano
– O número de trecho voados deve ser entre 3 e 16
– Existe um número limite de trechos a serem voados em cada zona territorial da aliança
– Você pode desembarcar em um país e embarcar em um país diferente no próximo vôo. Isso se chama deslocamento terrestre, mas conta como trecho ou milha voados
– Voos com conexão também contam como trecho voado ou para contagem de milhas
– É possível alterar a data dos vôos sem nenhuma taxa
– É possível alterar trechos da passagem conforme taxas estipulada pela aliança

Quanto custa?

É claro que isso vai depender muito do seu roteiro, do número de trechos e da aliança aérea pesquisada. Se o seu roteiro passa por aeroportos mais populares ou se ele usar poucos trechos, vai sair mais em conta. É possível encontrar uma passagem RTW de 16 trechos por 5 mil dólares (=12.800 reais). Parece caro? Se você considerar que que um vôo de ida e volta para a Tailândia custa cerca de 4 mil reais já não parece tão caro assim. Se você dividir esse custo da RTW por 16 trechos, cada trecho custaria 800 reais.

ONDE PESQUISAR?

Atualmente 3 alianças aéreas oferecem essa passagem: One World, Star Alliance e Sky Team. No site dessas empresas é possível fazer simulações das passagens de volta ao mundo.

Para saber mais detalhes sobre essa passagem clique aqui.