Por: João Marcos | 3 anos atrás

Os sucos de caixinha, na verdade, nem podem ser chamados assim: o nome correto é néctar (e esse nome que aparece na maioria das caixinhas, pode reparar). Por lei, apenas 20% da composição de cada caixinha de suco tem que ter fruta. Os outros 80% do tal néctar são açúcar e aditivos químicos.

sucos-de-fruta-industrializados-fazem-bem-a-saude-8

 

Para conseguir a honra de receber o nome “suco” o produto tem que conter 100% de fruta. Existem algumas marcas que realmente vendem suco em caixinha. São mais caras e para chegar a elas você tem que pesquisar, ler rótulos e algumas publicações sobre o assunto.

O Idec, Instituto de defesa do consumidor, testou os néctares – essa bebida feita de açúcar, química e quase nenhuma fruta. E descobriu que algumas marcas não respeitam nem o limite mínimo de 20% de fruta que a lei impõe. Clique aqui se quiser ler a pesquisa do Idec e conhecer as marcas reprovadas.sucos

O próprio Idec fez um vídeo sensacional. Um entrevistador oculto pergunta para as crianças do que os sucos de caixinha são feitos. Eles apostam na intuição e na lógica: acham que no suco de fruta tem fruta. São convidadas a ler o rótulo – algo que todos nós temos que fazer, aliás, embora nem todas as informações estejam ali. Os pequenos vão se assustando e se decepcionando. Os pais também.

Olha só:

Não comprar esses néctares venenosos é uma ótima escolha e também uma forma de pressionar a indústria a fabricar e vender coisas mais saudáveis e menos canalhas. E na dúvida por que não optar pela água mineral?