Por: Sistema Por Acaso | 3 anos atrás

Minha experiência com dietas ( e acredito que de muitos aqui) sempre foi a seguinte: Existem comidas que fazem mal e outras fazem bem.

unnamed

A unica maneira de perder peso era determinada pelos alimentos que você proibia na sua dieta e assim por diante.

Arroz integral + Peito de frango = BOM PARA VOCÊ. Tortas e biscoitos = MAL PARA VOCÊ

“Comer limpo” era um mantra para mim. Até agora…

Dieta Flexível Começou a ganhar força nos últimos anos e está chegando aos poucos no Brasil…

Pesquisas por “flexible Dieting” no google.

Pesquisas por “flexible Dieting” no google.

O Que é Dieta Flexível?

Dieta Flexível (Ou conhecido como IIFYM – If it Fits your macros) é simplesmente a contagem dos macro nutrientes (Proteina, Carboidratos e gorduras) para atingir os objetivos de composição corporal.

• 1 Grama de Proteina = 4 Calorias
• 1 Grama de Carbo = 4 calorias
• 1 Grama de Gordura = 9 Calorias

Ao invés de apenas “contar calorias” (EX: Comer 2000cals por dia) os praticantes da Dieta Flexível contam os macronutrientes (EX: Comer 150g de Proteina, 80g de Gordura e 170G de carboidratos = 2000 calorias) O que é mais eficiente para influenciar a composição corporal do que apenas perda de peso e ganho de peso.

A Dieta Flexível segue a crença que não existe comida milagrosa para perder peso. Sem comida “BOA” ou comida “RUIM”, apenas relações de macros.

Exemplo:

unnamed

Sanduíche de peito de frango Grelhado.
• 25g Proteina
• 33g Carb
• 15g Gordura

OU

Arroz Integral e Atum
• 25g Proteina
• 33g Carb
• 15g Gordura

Os 2 possuem os mesmos macros e vão ajudar a alcançar os mesmos resultados na sua composição corporal.

Quando um alimento entra no seu estomago o corpo não fica se imaginando “Essa comida é limpa ou suja?” O Corpo vai simplesmente quebrar o alimentos e processar os macronutrientes.

Resumindo, para mudar seu corpo, você pode comer o que você quiser, com tanto que você atinja os objetivos dos teus macros. (Sem esquecer as vitaminas, minerais e fibras)

unnamed (1)

Os Benefícios?

Como eu comentei no meu vídeo de transformação, eu tentei várias dietas e protocolos, todas tem seus méritos e até podem funcionar, mas DIETA FLEXÍVEL é de longe a minha favorita! E é o que eu sigo até hoje por três razões:

1. Eficiência

A principal ferramenta para perda de peso é entender que você PRECISA estar em deficit calorico para perder peso (Ingerir menos calorias do que gastar, ex: gastar 2000 cal e ingerir 1900cal)

A qualidade da comida sim é importante, mas a quantidade é o fator determinante para perda ou ganho de peso. Se você não está em um deficit calórico você pode comer toda a “comida limpa” que você quiser e chegar a lugar nenhum.

Se você estiver registrando tudo que você coloca na boca, você para de ter dúvidas e toma controle no quando e como você está atingindo seus objetivos. Contar calorias ou macros, é sem dúvidas a maneira mais eficaz de mudar o corpo.

2. Flexibilidade

Dieta Flexível é apenas isso: FLEXÍVEL!

Focar na ingestão de macronutrientes ao invés de “comer limpo” você pode atingir os seus objetivos e ainda aproveitar a vida com as pessoas ao seu redor. SIM, VOCÊ PODE COMER BOLO!

Uma das principais dificuldades de seguir uma dieta tradicional é o “elemento social”. São poucas as ocasiões que você pode levar um pote cheio de Frango e Batata-doce sem se sentir um completo babaca. Pesquisas mostram que uma abordagem mais flexível é elemento chave para evitar ansiedade e controle no peso – veja aqui.

Permitindo a flexibilidade, você pode aproveitar refeições com sua família e amigos, contanto que você mantenha o registro do que você está comendo.

3. Sustentabilidade:

Por um bom tempo minha experiência com dietas restritivas foi assim “Dieta, dieta, dieta, PÉ NA JACA…culpa….Dieta, dieta, Dieta, Dieta, PÉ NA JACA, culpa…”

A Dieta Flexível foi a primeira abordagem que eu consegui manter sem dificuldades por bastante tempo, e tive resultados Impressionantes.

Porque Você pode comer o que quer (com moderação) é mais mentalmente e emocionalmente sustentável….

COMO COMEÇAR?

1- Calcule seus Macros

Existem vários calculadores na Web, para você ter uma base, mas é altamente recomendado marcar uma consulta com um Profissional da área da Nutrição.

Healthyeater

Iifym

2- Faça uma Conta no MyFitnessPal (ou algum app/ferramenta similar)

Essa maneira de comer é sobre controlar e medir a ingestão de macros. Eu utilizo o My Fitness Pal, porque tem a maior base de dados do mundo, é disponível em várias plataformas e também é muito mais fácil de usar.

3. Compre uma balança de comida

As embalagens de comida contém todas as informações nutricionais que você precisa, mas medir as porções com base na sugestão da embalagem com precisão é bastante difícil, a balança vai GARANTIR que você está sendo preciso.

Para finalizar, a dieta Flexível me deu CONTROLE e liberdade, consigo atingir os objetivos e ainda assim TER UMA VIDA NORMAL! Tirou meu MEDO DE COMIDA, e consigo me ver utilizando esse estilo de vida por muito muito tempo.

Texto adaptado daqui e escrito por Gabriel Guenther