Por: Tita Pretti | 4 anos atrás

Elas podem ser pequenas em tamanho, mas são gigantes em beleza. As réplicas de uma árvore da natureza em miniatura são chamadas de Bonsai, palavra de origem japonesa que significa “plantado em bandeja”.

Apesar do nome, a arte milenar surgiu na realidade na China, aproximadamente 200 anos A.C. Sua origem não é certa, mas acredita-se que um jardineiro viu em uma montanha uma pequena árvore muito debilitada no meio das pedras e resolveu arrancá-la para levar ao palácio, onde a plantou em um vaso. No Brasil, esse cultivo só floresceu no último século, com a chegada dos primeiros imigrantes nipônicos.

Em Jaraguá do Sul, a arte permanece viva e é compartilhada através do Clube Bonsai Jaraguá do Sul, que oferece curso básico para iniciantes que querem aprender tanto a teoria quanto a prática do cultivo. A carga horária total é de 7 horas.

Segundo André C. N. Suzigan, um dos membros fundadores do clube jaraguaense, o amante do Bonsai precisa ter senso artístico, de beleza e de estética.

“Podemos dizer que 50% são técnica e os outros 50% são arte. O Bonsai precisa de constante atenção, pois é uma arte viva, está em constante modificação. Você precisa criá-la, mantê-la, educá-la, vigiá-la para que não perca a forma, harmonia e beleza”, afirma.

O curso aborda os cuidados necessários para o cultivo (quantidade de água, luz solar, adubo, ar, poda de raízes e transplante, poda aérea, prevenção de pragas e doenças), as maneiras de iniciar o processo (através de sementes, estacas, yamadori, pré-bonsai e o bonsai) e os diferentes estilos de Bonsai (o mais conhecido é o CHOKKAN, que possui o tronco ereto e outros atributos específicos). Além disso, o participante também aprende a manter a planta sempre bonita, educando a planta com o uso de arames que direcionam e posicionam galhos e tronco.

As aulas são ministradas por André, cultivador há 6 anos, estudante da Escola Europeia Bonsai Brasil (tendo como mestre Salvatori Liporace, da Itália) e membro da  Associação Paranaense de Bonsai. O bonsaísta também tem plantas para venda, hospital para reabilitação e manutenção.

Mais informações, contatar: andre.suzigan@hotmail.com

UPDATE!

Pois então, o André – um dos membros fundadores do clube e professor do curso – tem uma notícia boa para você: devido a grande procura pelas aulas, vai abrir uma nova turma para o início de 2015!

Mas tem que correr pra se inscrever, porque as vagas são limitadas (10 participantes no total). As aulas acontecem no dia 17 de janeiro (sábado), sendo das 9h às 12h a parte teórica e das 13h30 às 16h30 a parte prática. Quem se inscrever até o dia 20/12 ganha um desconto e o curso sai por R$ 130. Depois dessa data, fica R$ 150. O valor inclui apostila, planta e arames para trabalho.