Por: Ricardo Daniel Treis | 8 anos atrás

Via O Correio do Povo de hoje:

Ontem foi dia de vistoria no João Marcatto. Representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da FCF (Federação Catarinense de Futebol) verificaram as condições do estádio para as disputas do Campeonato Catarinense da Divisão Principal. A grande maioria dos setores verificados “passou no teste”. O único porém ficou na arquibancada coberta, onde o primeiro degrau é considerado pequeno demais, ou seja, a distância até o alambrado não permite uma evacuação em grande escala. 

Segundo o diretor de patrimônio do clube, Cléber Hernacki, existe um projeto para ampliação deste espaço, mas, como não é considerado prioritário, não deve ser reformado em breve. “Eles (policiais e bombeiros) disseram que não tem grande problema com isso, então nossa prioridade agora é montar o time”. Hernacki disse também que, para deixar o estádio em totais condições, é preciso um investimento de, no mínimo, R$ 15 mil. 

Já sobre jogadores, ontem chegaram Serginho, do Mirassol, e Luis Miguel, que estava no Botafogo-SP. O diretor de futebol, Edson Morelli, disse que o clube negocia com três jogadores que estavam na campanha do acesso, em 2008 – os meias Edson Galvão e Danilo Theophilo, e o goleiro Geziel. Segundo ele, falta apenas alguns detalhes para que retornem. Outro que pode pintar é o atacante Frank, da base do Figueirense.