Por: Sistema Por Acaso | 4 anos atrás

Captura de Tela 2014-11-19 às 08.09.11

As quadrilhas especializadas em arrombar caixas eletrônicos voltaram a agir na região. Dessa vez o alvo foi o Banco do Brasil, na Rua Paraná, Centro de Barra Velha. Os criminosos dinamitaram dois caixas eletrônicos da agência por volta das 02h25 da madrugada de ontem (18). O impacto da explosão quebrou vidraças e derrubou parte da estrutura frontal do banco. A ação durou menos de quatro minutos e os bandidos fugiram usando um veículo HB20 branco.

Representantes da agência confirmaram que as máquinas estavam vazias. Com o aumento das ações dos chamados “caixeiros”, o banco estabeleceu uma norma para que depois do horário de atendimento da agência fiquem armazenadas apenas pequenas quantias de cédulas. A polícia também não encontrou cédulas espalhadas pelo chão, apenas notas queimadas no interior dos caixas.

Veja o vídeo

A moradora que reside no apartamento acima da agência conta que pôde notar um estouro menor seguido de uma grande explosão. “Meu quarto fica exatamente em cima dos caixas. Tremeu tudo. Minha primeira ação foi sair correndo para outra parte da casa porque pensei que fosse cair,” conta assustada.  Segundo ela, o local já foi assaltado diversas vezes, “já usaram pé de cabra e maçarico, mas com explosivos foi a primeira vez, por isso nos assustamos muito.”

Outro morador conta que ouviu o estouro e rapidamente foi espiar na janela suspeitando de um possível assalto. Segundo ele, ao olhar em direção ao banco ainda era possível avistar três homens do lado de fora dando ordens para a fuga. “Eles diziam perdeu perdeu, não tem nada, o alarme disparou logo eles chegam,”conta o morador que afirma ter ouvido diversos tiros em seguida. Os assaltantes fugiram em alta velocidade pela Rua Rio de Janeiro, lateral do banco.

A guarnição da polícia militar da cidade de Penha também esteve no local para averiguar o caso. No sábado, um veículo HB20 branco fora tomado de assalto na cidade e suspeita-se que o mesmo tenha sido usado na tentativa de roubo ao banco.

Via Rota da Praia.