Por: | 6 anos atrás

Você usa seu celular todos os dias, mais do que o telefone fixo? Melhor: não consegue largá-lo por um segundo sequer, mesmo durante o almoço, ou até… no banheiro? Então fique atento, pois você está mais propenso a consumir álcool de maneira exagerada.

É o que afirma um estudo divulgado realizado pelo Centers For Disease Control, na última terça-feira (10/01). De acordo com o relatório, aqueles que preferem o celular à linha telefônica fixa possuem uma incidência maior para não impor limites na hora de tomar alguns drinks.

Foram entrevistados mais de 457 mil adultos americanos, dos quais 422 mil eram participantes com uma linha de telefone fixo e 35 mil de telefonia celular. Desses números, 38 milhões tomam doses de bebida alcoólica acima da média pelo menos quatro vezes por mês.

“Mesmo após uma certa idade, os donos de um celular possuem maiores chances de consumir álcool de maneira excessiva do que as pessoas que preferem usar telefones fixos”, explica o relatório.

Os participantes foram questionados se já ingeriram alguma bebida alcoólica e, caso a resposta fosse afirmativa, quantas foram as vezes em que extrapolaram quando beberam. No caso das mulheres, o limite era quatro ou mais doses de álcool, e cinco ou mais para os homens, em um curto período de tempo. O público masculino, com idades entre 18 e 34 anos, relatou mais incidência de consumo excessivo, em comparação a outros grupos.

A mesma pesquisa foi realizada em 2009, quando foram coletados os dados de usuários que possuíam telefones fixos. Desse grupo, apenas 15,2% afirmaram beber exageradamente. Em 2010, quando um novo estudo foi realizado com a inclusão dos celulares, essa porcentagem subiu para 17,1%.

Para muitos pode parecer brincadeira, mas o assunto é sério. O consumo excessivo de álcool se tornou um problema caro e perigoso de saúde pública. Segundo o estudo, pessoas com 65 anos ou mais são as que mais bebem com frequência, mas vale lembrar que a maioria do público não é dependente ou alcoólatra.

Via Olhar Digital.