Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás
Lady Prelox, da Nord Pharma, será vendido na Inglaterra pelo equivalente a R$ 132 por 60 comprimidos, ou um mês de uso.

Lady Prelox, da Nord Pharma, será vendido na Inglaterra pelo equivalente a R$ 132 por 60 comprimidos, ou um mês de uso.

LONDRES – Uma nova pílula apelidada de “Viagra feminino” chega às lojas inglesas este mês com a promessa de aumentar significativamente o prazer sexual das mulheres. À base de ervas, a pílula chamada Lady Prelox contém um extrato de casca de pinheiro francês chamado Pycnogenol e vai custar o equivalente a R$ 132 por 60 comprimidos cor de rosa — o correspondente a um mês de tratamento, já que a indicação é tomar dois comprimidos por dia.

O fabricante da Lady Prelox, Nord Pharma, afirma que seu produto “aumenta a libido e a excitação em mulheres”, pois “estimula o fluxo sanguíneo para os órgãos reprodutivos, bem como o cérebro”. Na Itália, cientistas conduziram um pequeno estudo com 40 voluntários entre 40 e 50 anos e um outro grupo de mulheres entre 37 e 45 anos. Os dois grupos relataram melhora na vida sexual depois de oito semanas.

O presidente da Associação de Aconselhamento Sexual, Graham Jackson, cardiologista dos hospitais St Thomas, em Londres, disse ao “Daily Mail” que a teoria por trás das pílulas de Lady Prelox podem estar corretas.

– Sabemos que em homens a disfunção sexual é basicamente um problema vascular. Não temos evidências concretas disso em mulheres ainda, mas pode haver uma relação – disse. – As pílulas não são afrodisíacas, se não houver desejo pelo parceiro nenhuma pílula funcionará.

A obstetra e ginecologista Andy Heeps, no entanto, se diz cética quanto ao assunto:

– Disfunção sexual feminina é uma área complexa. Não há uma única causa, então não há solução mágica.

Lady Prelox é a versão feminina do Prelox, para os homens. Lançado em 2010, as vendas anuais de Prelox na Europa já batem os 10 milhões de libras.

via @OGlobo