Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

A construção do viaduto que ligará os bairros Vieira e Centenário pela BR-280 deve começar a virar realidade. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), responsável pela obra, confirmou que a ordem de serviço será assinada no dia 19 deste mês. Depois da assinatura, a empresa que venceu a licitação, a Engenharia e Pesquisas Tecnológicas (EPT), de Osasco (SP), tem cinco dias para começar a montar o canteiro de obras.

O primeiro trabalho a ser feito pela empresa é a demarcação da área que será ocupada pelo viaduto. O projeto foi aprovado neste mês pelo Dnit de Brasília depois de passar por duas modificações. A primeira foi solicitada pela Prefeitura de Jaraguá e previa o aumento da passagem inferior de 14,8 metros para 25 metros. Depois, o próprio Dnit pediu uma modificação no raio de curvatura da alça inferior. Somente após essas duas alterações o departamento recebeu a versão final e encaminhou para análise em Brasília, em julho.

Antes disso, o órgão havia anunciado duas datas para começar as obras. A primeira foi junho, antes de ser constatada a necessidade de alterar a curvatura do viaduto. E no final de julho, foi anunciado que a ordem de serviço sairia em agosto, mas o órgão em Brasília não havia concluído a análise da papelada.

As obras do viaduto se arrastam desde 2004 e custarão R$ 5,1 milhões. A obra será bancada pelo Dnit – inclusive os R$ 510 mil que foram acrescidos por causa de modificações no projeto. O secretário de Urbanismo, Aristides Panstein, informou que 15 terrenos foram desapropriados para fazer a obra e as indenizações custaram cerca de R$ 5 milhões. Assim que a obra for iniciada, o prazo para terminar é de 18 meses.


Marquem essa sigla: EPT– Engenharia e Pesquisas Tecnológicas. A não ser que os caras tenham um projeto com excelência em execução, vão ser 18 meses de uma dor-de-cabeça que os jaraguaenses e vizinhos não estão preparados.

Se me permitem, vou dar uma guruzada: negócio da hora no trecho é montar lanchonetis, barraca de suco, milho verde e caldicana. Picolé também tá valendo, mas com a reeleição de Obama prevejo uma alta no kissuco que vai diminuir a margem de lucro.

E Ilha da Figueira que se prepare para o aumento do fluxo. Lá também vale a pena montar um negócinho na beira da estrada.

Notícia via AN, e que venha o progresso.