Por: João Marcos | 05/08/2013

Herbert Richers nasceu no interior do estado de São Paulo em 1923. Na década de 40 resolveu mudar-se para o Rio de Janeiro e por ser apaixonado por cinema e com um capital recebido de um tio abriu sua própria empresa de produção, distribuição e dublagem de filmes, a Herbet Richers S.A..

Olhaí o Herbert

Com os anos, a experiência adquirida e a amizade do poderoso Walt Disney que ensinou tudo sobre dublagem a Herbert, os estúdios Herbert Richers transformaram-se no maior dublador do Brasil e um dos maiores da América Latina durante a década de 60. Em todas as suas produções havia a assinatura lendária e histórica, “Versão brasileira, Herbert Richers.”.

Foi Herbert quem trouxe os conhecimentos sobre dublagens modernas para o Brasil em uma época em que as legendas eram precariamente vistas, devido à tecnologia de então.

Em 2009, após alguns anos sofrendo com doenças renais, aos 86 anos, Herbert Richers faleceu. Após sua morte, a empresa entrou em falência devido algumas ações trabalhistas e em 2012 ela foi leiloada.

Na foto, Herbert posa com uma antiga máquina filmadora.

Peguei essa na íntegra lá na fanpage “Imagens Históricas” que tem muita coisa boa, o like é mais do que recomendado: