Por: Tita Pretti | 4 anos atrás

Na sessão de ontem (terça, 28 de abril) da Câmara de Vereadores, o parlamentar Jocimar de Lima utilizou o espaço da Palavra Livre para comentar um episódio de maus tratos que presenciou em um hospital do município.

O vereador  contou que durante uma passagem por uma agência bancária, encontrou uma senhora de 78 anos com um problema grave na perna. “Coloquei ela no meu carro e a levei até o pronto-socorro. Depois de 4 horas e meia de muita espera e briga, fizeram o atendimento”, desabafou. Lima revelou que o médico que realizou o atendimento se irritou e afirmou que o caso deveria ter sido encaminhado ao posto de saúde ou ao Centro Vida.

vereador

“O que me deixa triste é que ano passado foi repassado R$ 14 milhões aos hospitais, mas não temos atendimento decente”, lamentou. O vereador acredita que mesmo quando o atendimento não acontece por plano de saúde ou de forma particular, o médico é remunerado pelo SUS e deve atender com profissionalismo. Jocimar de Lima afirmou que questionou se estava fazendo o certo ao votar favorável pelo repasse de verba. “Se já há dificuldade com o repasse, imagine sem”, declarou.

Para endossar a queixa do colega, o vereador Arlindo Rincos relatou que recebeu a ligação de uma munícipe queixando-se do médico que a chamou de “velha gorda”.

Via Diretoria de Comunicação da Câmara de Vereadores.