Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás

E se essa ideia fosse trazida para a cidade? Que tal ao invés de aumentar o valor da passagem para fazer isso simplesmente concedam algumas melhorias por todos os aumentos nos últimos tempos?

(Foto: Artur Moser – 13/12/2013)

(Foto: Artur Moser – 13/12/2013)

O vereador Antônio Veneza (PSD) encaminhou projeto de lei que, se aprovado, obriga as empresas que prestam serviço de transporte público na cidade a equipar com ar-condicionado os novos ônibus que forem incluídos na frota. Também determina que os veículos fiquem estacionados em local coberto antes do transporte das pessoas. Tudo para amenizar os efeitos do calor escaldante da cidade.

Hoje nenhum ônibus da frota blumenauense está equipado com ar-condicionado. Catorze têm climatizadores, sistema que força a renovação do ar no interior do veículo. O presidente do Consórcio Siga, Valdeci Roza, diz que a instalação do ar-condicionado faria subir o valor da tarifa, já que aumenta o consumo de diesel e requer investimento e manutenção.

– O que precisamos saber é se o blumenauense está disposto a pagar mais para ter ar-condicionado – diz Roza.

O diretor-presidente da Empresa Nossa Senhora da Glória, Humberto Sackl, diz que cada ar-condicionado custa R$ 40 mil. O empresário explica que em 2008 foi feito um cálculo do impacto do ar-condicionado na tarifa do transporte público. O aumento, naquela época, seria de R$ 0,05.

via @ClicRBS