Por: Max Pires | 06/08/2010

O vereador Jaime Negherbon (PMDB) criticou, na sessão da última quinta-feira (5), as poucas mudanças nos itinerários do transporte coletivo em Jaraguá do Sul. Segundo ele, que voltou a lembrar que iniciou sua vida profissional como cobrador de ônibus, as rotas utilizadas nas linhas do município não abrangem a toda a população, pois não crescem na mesma proporção. “Os ônibus percorrem o mesmo itinerário de 20, 30 anos atrás, quando a população era três vezes menor que a atual”, ressaltou.

A manifestação do vereador ocorreu no momento em que ele fazia a defesa da indicação de sua autoria, de nº 430/2010, que solicita providências no sentido de que os ônibus da Viação Canarinho que fazem as linhas Centro – Jaraguá Esquerdo ou São Luís possam também circular na rua 669, a Afonso Benjamin Barbi e ruas laterais, localizadas no bairro Tifa Martins, pois há muitos loteamentos ainda sem o serviço de transporte.

Jaime já entrou em contato com a Canarinho, concessionária do transporte coletivo da cidade, solicitando melhoria nos itinerários e atendimento nos loteamentos Corupá e Firenze. Segundo ele, os moradores daquela região têm que percorrer mais de três quilômetros porque a empresa não quer colocar mais ônibus, sem falar na superlotação, nas faltas de cumprimento de determinados horários e nos atrasos, já que os motoristas também fazem as vezes de cobrador na maioria das linhas.

“A Canarinho tem que ver o que a população quer para que as pessoas não tenham que se deslocar de moto ou de carro e gastar gasolina”, comentou Jaime, que ressaltou a importância de um transporte coletivo de qualidade, o que deve influenciar na decisão na hora de escolha da a melhor opção de transporte.

Jaime já havia solicitado que o itinerário que passa pelo bairro Jaraguá Esquerdo fosse estendido e foi atendido. Agora, após constatar que os moradores de algumas localidades estão sofrendo pela falta de atendimento da concessionária, Jaime busca novas possibilidades de itinerários para os loteamentos Corupá e Firenze.

Justino comenta criação do Conselho Municipal do Transporte Coletivo

O vereador Justino Pereira da Luz (PT) aproveitou o assunto levantado pelo colega para registrar que na manhã de quinta-feira foram finalmente empossados os integrantes do Conselho Municipal do Transporte Coletivo, que foi criado há quatro anos.

“Durante a audiência do transporte coletivo, feita nesta Câmara no ano passado, o então procurador-geral do município, Volmir Elói, prometeu que em 30 dias seriam dados todos os encaminhamentos para a constituição do conselho, mas eles foram feitos somente agora”, constatou.

Justino criticou o fato de o conselho ser consultivo e não deliberativo, o que lhe daria poderes de decisão. Esta solicitação também foi encaminhada ao procurador na audiência pública realizada na Câmara em 12 de agosto de 2009.  Segundo ele, a criação do conselho define um momento ideal para que as discussões sobre atual situação do transporte sejam novamente colocadas em pauta. “Esperamos que os novos conselheiros levantem a bandeira da eficiência no transporte coletivo, atendendo as demandas, que não são poucas”, comentou.

A Câmara está representada junto ao conselho por dois servidores: o chefe de gabinete do vereador Justino, Riolando Petry, e o assessor das comissões, Ambrósio Lino Becker.