Por: Gabrielle Figueiredo | 6 meses atrás

Apesar da realidade de Jaraguá do Sul ser diferente de capitais como São Paulo, por exemplo, a maioria de nós já cruzou ou foi abordado por pessoas pedindo esmolas na cidade. São pessoas que alegam não ter dinheiro, comida ou até um lugar para dormir. A situação muitas vezes nos comove e é difícil de lidar.

esmola_jaraguaMas acontece que o município conta com um lugar específico para prestar esse tipo de atendimento à quem necessita. Fundada em 2006, a Casa de Passagem – Abrigo e Abordagem de Rua, é um programa de reiteração social, familiar e profissional.

O local funciona 24 horas por dia e atende, além de moradores de rua, pessoas vindas de outros estados ou até de outro país que estão em Jaraguá do Sul e precisam de auxílio. Essa ajuda pode ir de um lugar para dormir, uma refeição ou até condições para conseguir um emprego.

O atendimento funciona da seguinte forma: uma equipe presta atendimento na casa e outra equipe é de abordagem, que vai se deslocar até onde for necessário para prestar o auxílio, que será feito caso o morador de rua aceite. Por exemplo, se você quiser relatar sobre a situação de alguém na rua ou até fazer uma denúncia, é para a Casa de Passagem que pode ligar.

A Casa de Passagem. Foto: Francisco Junkes/PMJS

A Casa de Passagem. Foto: Francisco Junkes/PMJS

A estrutura que a casa dispõe é de um quarto para mulheres, com capacidade para quatro pessoas e 14 leitos para homens – onde geralmente estão hospedados cerca de 10. Quando há situações de queda de temperatura, a casa adapta suas acomodações de forma a abrigar quantas pessoas seja necessário. “Ninguém fica na rua”, salientou um dos atendentes.

Quem precisar passar um tempo por lá, terá disponível café da manhã, almoço e janta, além da estrutura geral como cozinha e banheiro. As pessoas também podem contar com o auxílio da equipe de atendimento, composta por assistente social, terapeuta ocupacional, psicóloga, agente administrativo, coordenador e seis cuidadoras que dão suporte e acompanhamento.

O coordenador Miguel Francener, no ato de entrega de documentos

O coordenador Miguel Francener, no ato de entrega de documentos

O coordenador Miguel Francener explica que até a recuperação de documentos, como certidão de nascimento, a equipe auxilia. “A assistência nunca falta. A pessoa pode sempre voltar que iremos ajudar”, destaca.

A Casa de Passagem está localizada na Rua João Januário Ayroso, 1855 – Bairro Jaraguá Esquerdo – Próximo ao Estádio João Marcatto.

ANOTE EM SEU CELULAR, os telefones para contato são (47) 3371-1534 e (47) 3370-0743, eles funcionam 24 horas! Durante o horário comercial também é possível ligar para o número (47) 9930-1247.

E-mail: resgatesocial@jaraguadosul.sc.gov.br (coordenador) ou id81714@jaraguadosul.sc.gov.br (equipe do plantão).

——

Este conteúdo foi publicado originalmente em 9 de junho de 2016.