Por: Gabrielle Figueiredo | 14/08/2015

Já foi concluída a base e a primeira camada da pista de atletismo do Centro Esportivo Municipal Murillo Barreto de Azevedo, no bairro Tifa Martins. Agora, a empresa executora da obra fará a aplicação da segunda camada do piso que deve ficar pronta em cerca de 15 dias.

Foto: Divulgação PMJS

Foto: Divulgação PMJS

A previsão de conclusão da pista de atletismo é para outubro com a instalação dos equipamentos e realizado das obras no entorno do espaço. As obras no vestiário também estão sendo concluídas. As arquibancadas ainda devem ser construídas.

Foto: Divulgação PMJS

Foto: Divulgação PMJS

O valor total da obra do Centro Esportivo é de R$ 4 milhões repassados pelo Ministério dos Esportes com contrapartida de R$ 300 mil da Prefeitura. Duas empresas foram licitadas para as obras no Centro, uma para fazer as arquibancadas e vestiário e outra para executar a pista de atletismo.

Segundo João Eckert, engenheiro civil e proprietário da Pisossul, empresa que executada a obra da pista de atletismo, a base daquele espaço é a fase mais importante da obra, pois garante a durabilidade da pista. O espaço recebeu camada de pavimentação de cerca de 7,5 centímetros e a primeira camada da pista foi feita com borracha granulada. Na segunda camada será usada borracha mais fina para acabamento.

Foto: Divulgação PMJS

Foto: Divulgação PMJS

O presidente da Fundação Municipal de Esportes e Turismo, Alessandro Martins, comenta que enquanto a obra estiver em execução, o espaço não pode ser usado pela comunidade. Depois de pronto, o Centro Esportivo será utilizado para intensificar a prática de esportes, mas seguindo regras para utilização do espaço. Conforme Alessandro já foram firmadas parcerias com o Sesi, Sesc, Faculdade Jangada, Associação de Atletismo de Jaraguá e associações de moradores dos bairros Tifa Martins e São Luís.

Foto: Divulgação PMJS

Foto: Divulgação PMJS

Inaugurado em 2008, o Centro Esportivo fica em área de 77.809,38 m², no bairro Tifa Martins. A pista instalada na época teve de ser retirada por conta do piso, que foi doado pelo Ministério do Esporte, por ter um material que não se mostrou de qualidade para receber eventos esportivos. A reforma da pista começou em março de 2014.

Confira mais fotos aqui.