Por: Ricardo Daniel Treis | 3 anos atrás

Fato sabido pelos leitores, sêo Jorge e esposa Soeli despedem-se no fim deste mês de sua clientela, trocando a agenda até então ocupada pela Joa Videolocadora pela da tão merecida aposentadoria. Porém mesmo que o estabelecimento vá cerrar portas, pelo capricho fizeram questão de deixar um último contrato de locação em aberto. Indefinidamente.

O acordo não é outro senão quanto a adoção do famoso endereço, e o cliente em questão é ninguém menos que o  vizinho de porta, Juliano Vengrzen – a.k.a Juliano do Madalena. Oh yeah: o segmento pode mudar, mas pelo visto o ponto ainda será referência de entretenimento para a região por um booom tempo…

Vem novidade na nossa cena gastronômica – #spoilers
Ao saber que haviam negociado o endereço, liguei pro cara: “Diz ai Juliano, o que já dá pra compartilhar com a galera?”. Seguiu-se empolgada descrição de um plano, que resumo:
– Vai ser um botequim, com direito a tudo que um bom botequim deve ter.
– Tem arquiteto paulista estudando o desenho do local – não por ser paulista, mas por ter montado botequins paulistas, a temática que deseja-se apresentar pro público.
– Como o cardápio de um botequim de responsa exige, um prato será infalível na rotina semanal: feijoada.
– Amém, vai abrir aos domingos para almoço também.
– O bar virá com a assinatura do grupo Madalena, ou seja, vai espelhar o padrão de qualidade do restaurante.

Infelizmente ainda não há estimativa para inauguração, porém tendo mais detalhes a gente compartilha aqui.


P.s: a foto que ilustra o post é meramente ilustrativa. Quando penso em botequim a primeira coisa que vem à mente é um pão com bolinho servido no pires de cerâmica branca. E dê-lhe mostarda escura…