Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás

sexo no primeiro encontro

À partir dessa semana, trarei um texto de conteúdo autoral e temática variada retirado do meu blog pessoal em todas as quintas-feiras. Esse aqui foi postado hoje mesmo e já vim trazer para vocês! 😉 Espero que gostem:

No fundo a gente sabe que é na cama que tudo se resolve. Fim de papo! Geralmente o sexo no primeiro encontro é uma espécie de dilema para as mulheres e um pé no saco para os homens, mas isso varia. Estamos em uma era de liberação sexual onde as mulheres enfim se impõem sexualmente. Elas irão para a cama com quem bem entenderem, importando-se cada vez menos com os julgamentos precipitados da sociedade e de seus círculos sociais.

E meus amigos, elas estão cobertas de razão! O sexo é humano e também animal, mas nunca masculino ou feminino. Todos nós gostamos de sexo. O sexo casual, o sexo no primeiro encontro, o sexo de vingança, o sexo de reconciliação, o sexo com amor e o sexo sem amor. Sexo pode ser feito de tantas maneiras diferentes que é impossível que ele desagrade a alguém. O sexo é capaz de nos  remeter ao princípio e talvez seja um dos poucos reflexos do nosso instinto animal e primitivo que continue conosco.

Curta a página e recebe textos como esses em primeira mão:

De vez em quando sexo é apenas sexo e realmente não há nenhuma razão para que se prorrogue um “não-relacionamento” garantido. Em outra vezes, você acaba sentindo algo pela pessoa mesmo antes do sexo chegar às vias de fato e mesmo que o sexo não seja “tudo aquilo” e aconteça no primeiro encontro, você irá insistir em um relacionamento com a pessoa. O sexo não é só desempenho! A energia trocada entre as pessoas influencia muito na Hora H.

Já conheci casos de mulheres que costumavam fazer sexo no primeiro encontro, mas deixaram de fazer quando “se apaixonaram” por alguém, para que a pessoa não as desvalorizasse. Creio que o que importa por trás disso tudo é a sinceridade. Quando sexo é apenas sexo, não há nenhum motivo para esconder. Talvez ele se torne algo a mais amanhã, nunca se sabe.

A grande questão é: se você está afim, VÁ PARA A CAMA NO PRIMEIRO ENCONTRO. É uma espécie de atalho e você aprende muito sobre a pessoa que está com você, não apenas no aspecto sexual, mas no aspecto íntimo e intimidade certamente é um dos fatores mais importantes de um relacionamento.

Eu tive duas namoradas na vida e transei com as duas no primeiro encontro. Corte a raiz de seus preconceitos e simplesmente descubra, experimente. O que você está esperando para começar a fazer aquilo que você realmente tem vontade de fazer?

Para receber os textos sempre que eles forem publicados curta a página: