Por: João Marcos | 5 anos atrás

Equipamentos digitais de última geração, estrutura moderna e uma equipe altamente qualificada. Com este importante tripé, a Unimed Jaraguá do Sul inaugura, nesta quinta-feira, 18, a primeira parte de seu hospital no município. Instalado no Bairro Centenário, ele tem quatro mil metros quadrados de área e capacidade para cerca de 250 atendimentos diários.


Nesta fase, apresentada à comunidade como um presente pela passagem do aniversário da cidade, a Unimed Jaraguá do Sul entrega um pronto-atendimento 24 horas destinado ao público adulto e infantil, centro de imagem e laboratório de análises clínicas. Posteriormente, o projeto ainda será acrescido de centro cirúrgico, setor de internação e UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

De acordo como presidente, Dr. German Jimenez, o hospital é responsável pela criação direta de, pelo menos, cem empregos. “As pessoas que pagam por um plano de saúde querem um atendimento diferenciado e é isso que vamos oferecer. Mas, continuaremos trabalhando em parceria com os outros dois hospitais de Jaraguá do Sul”, enfatiza.


O empreendimento está dividido em dois pisos, sendo que o andar térreo foi reservado para estacionamento. Duas rampas e um elevador dão acesso ao pavimento superior. Além da estrutura, a Unimed Jaraguá do Sul também se preocupou em adquirir uma nova ambulância. O veículo garante um atendimento ainda mais completo e seguro aos clientes.

Com apenas 18 meses de obras, o hospital é o resultado da constante busca da cooperativa pela prestação de serviços de qualidade e atendimento de excelência. “Investimos o melhor de nosso esforço e dedicação para viabilizar a prática de assistência à saúde de forma diferenciada e com alto padrão humano”, complementa Jimenez.

Conforme o presidente, o ele é um presente para Jaraguá do Sul, que completa, neste mês de julho, 137 anos. A abertura do empreendimento deve ocorrer nos próximos dias. “Mesmo estando totalmente regular e cumprindo todas as normas para construções deste porte, precisamos seguir os trâmites legais e isso nos condicionou a um atraso inicialmente não previsto. Ressalto que o hospital estruturalmente está pronto para ser aberto e atender à população. No entanto, precisamos aguardar por uma liberação burocrática, de documentação”, esclarece.

A edificação contou com orçamento aproximado de R$ 10 milhões. Já no âmbito da tecnologia médica e da ambientação, ela teve a inserção de mais R$ 8 milhões. O projeto foi executado com recursos próprios, bem como da Unicred e do BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul).

Via: Entrelinhas