Por: Ricardo Daniel Treis | 8 anos atrás

Não fossem os comerciais Polishop a gente nunca ia perceber o quanto as coisas são difíceis… Vai aí um tributo a toda licença poética que fazem uso pra vender bagulheiras:

O Max comprou um daqueles quebradores de ovo e hoje é uma pessoa muito mais feliz.


Sempre quis um daqueles Ambervision que vinha com estojo que boiava n’água… Olhar diretamente para o sol ia ser uma coisa muito diferente para mim.