Por: Ricardo Daniel Treis | 19/04/2013

Têm sido um ano de surpresas para o segmento do turismo em Jaraguá de Sul. Depois do desbunde da Arena Jaraguá para o Brasil com o UFC, temos agora outro evento que vai mexer com a cena, que é a beatificação do padre Aloísio Boeing. Como fica a cidade com isso? Segue nota da coluna da Patricia Moraes na edição de hoje do OCP:

“Vereador Arlindo Rincos (PP) chama a atenção para o aumento de visitantes que a Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Nereu Ramos, deve receber após a abertura do processo de beatificação do padre Aloísio Boeing. Nas estimativas da própria Igreja Católica, o volume de fiéis deve triplicar no memorial em homenagem ao sacerdote já a partir deste mês e as dificuldades começam na falta de sinalização para se chegar ao local e também nas poucas vagas de estacionamento. Com isso, o Poder Público e também a comunidade religiosa devem se preparar, aumentando a infraestrutura da área. Rincos, da base governista, trabalha em parceria com o Executivo em um projeto de revitalização, que inclui pintura, iluminação e limpeza de passeios públicos, construção e padronização de calçadas, alterações no trânsito, até regras de comercialização de produtos, incluindo também o incentivo para novas áreas de empreendedorismo, como abertura de hotéis e pousadas. ‘O turismo religioso é um dos segmentos que mais crescem, envolvendo toda uma região e fazendo parte do turismo cultural’, destaca o vereador. Um dos exemplos do alcance deste segmento é Nova Trento, onde fica o Santuário de Madre Paulina, a 90 Km de Florianópolis, o segundo mais importante destino religioso do País, ficando atrás somente de Aparecida do Norte.”