Por: Sistema Por Acaso | 28/03/2017

Um novo jeito de Ser e Aprender. As duas palavras que dão nome ao centro educacional de Schroeder refletem os objetivos da equipe pedagógica na hora de atender as crianças. O serviço de creche e apoio educacional é voltado para alunos com idade entre quatro meses e 12 anos.

Salete Morgana de Oliveira já trabalhava como professora no centro quando assumiu também a diretoria dele em 2013. O número de 16 alunos que começaram com ela hoje já chega aos 75. “Ao longo dos anos, conseguimos formar a família da Ser e Aprender. Trabalhamos com esse espírito de equipe e cooperação, prontos para ajudar os pais no que eles precisarem”, comenta ela.

28_fachada

A instituição procura promover aos alunos e clientes práticas que contribuam no seu crescimento integral, com princípios éticos e morais. O serviço de creche é oferecido para crianças dos quatro meses aos quatro anos nos períodos matutino, vespertino e noturno. Segundo Salete, o atendimento durante a noite é um diferencial para os pais que trabalham ou fazem faculdade nesse horário.

Acima dos quatro anos, a Ser e Aprender tem a opção de apoio pedagógico para os seus alunos, com projetos elaborados pelas professoras. “Nas horas que as crianças passam aqui, procuramos praticar ações mais leves, que distraiam elas, mas também sejam educadoras”, comenta. Nas atividades propostas, habilidades para desenvolver sua identidade, autonomia, musicalização, confecção pedagógica, linguagem oral e escrita, matemática, pinturas, desenhos, leituras e jogos.

O centro educacional também conta com o serviço de transporte, buscando os alunos na escola para os pais que não têm como fazer o trajeto durante o dia. “É um trabalho de parceria, somos bem flexíveis e nos adequamos conforme as necessidades dos pais e estudantes”, avalia a diretora. Crianças do bairro João Pessoa, de Jaraguá do Sul, também estão entre os alunos.

28_fachada2

Atualmente, a equipe profissional é formada por nove pessoas. Entre elas, estão outros familiares de Salete que deixam a escola com o verdadeiro aspecto de “casa”, como observa a professora. “Somos a única instituição com esse propósito no mercado. Schroeder está crescendo cada vez mais e só temos a ganhar com essa projeção. Hoje, muitos pais ainda deixam os filhos com familiares pela cidade ser menor”, considera ela.

De acordo com Salete, há alunos que começaram na Ser e Aprender ainda crianças e permanecem na instituição até agora. “Eu gosto muito de crianças e dessa relação que podemos criar com elas, auxiliando diretamente no seu desenvolvimento. Adoro criar coisas novas e por isso, estamos sempre evoluindo”, conclui a diretora. A Ser e Aprender foi fundada em 2009.

Veja mais no site especial: http://www.mulheresdestaque.com.br