Por: Anderson Kreutzfeldt | 06/08/2014
Ana Lídia de Souza, 14 anos, foi morta com dois tiros no último sábado em um ponto de ônibus em Goiânia. É a 12ª morte em circunstâncias parecidas na cidade desde o início do ano

Ana Lídia de Souza, 14 anos, foi morta com dois tiros no último sábado em um ponto de ônibus em Goiânia. É a 12ª morte em circunstâncias parecidas na cidade desde o início do ano

Desde o mês de maio, 12 jovens garotas foram mortas na cidade de forma similar, o que levou os policiais a criar uma força tarefa com mais de dez delegados para apurar os crimes e saber exatamente o que estava provocando a morte das jovens.

No último domingo, o delegado titular da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios, Murilo Polati, admitiu a forte possibilidade de que os crimes foram cometidos pela mesma pessoa. A ideia de um serial killer na cidade era tratada como boato pelas autoridades até então, visto que tudo começou com uma mensagem de voz no app WhatsApp.

Tal mensagem alertava que um “serial killer tem uma motocicleta preta e um capacete preto” e que ele teria matado mulheres nos setores jardim América, Sudoeste e Nova Suiça. Junto com o áudio, circulava um retrato falado do suspeito de matar a assessora parlamentar Ana Maria Victor Duarte de 26 anos no mês de março.

A assessora parlaentar Ana Maria Duarte, 26 anos, foi morta em março em Goiânia, da mesma maneira que as outras mulheres

A assessora parlaentar Ana Maria Duarte, 26 anos, foi morta em março em Goiânia, da mesma maneira que as outras mulheres

O homicídio mais recente foi o de Ana Lídia de Souza (14 anos) morta em um ponto de ônibus no último sábado com dois tiros no peito. A garota estava sozinha por volta das 14h quando o homem disparou contra ela. Em todas as ocorrências, um homem usando capacete, em uma moto, se aproxima das vítimas em locais públicos e depois atira. Na maioria dos casos, o criminoso não leva nenhum pertence.

Juliana Neubia Dias também foi assassinada por homem em motocicleta em julho. Em todos os casos, o criminoso estava usando um capacete

Juliana Neubia Dias também foi assassinada por homem em motocicleta em julho. Em todos os casos, o criminoso estava usando um capacete

A assessora parlaentar Ana Maria Duarte, 26 anos, foi morta em março em Goiânia, da mesma maneira que as outras mulheres

A assessora parlaentar Ana Maria Duarte, 26 anos, foi morta em março em Goiânia, da mesma maneira que as outras mulheres

Fontes: Folha de São Paulo | G1 | Estadão
Fotos e legendas de BrasilPost