Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

5 – “Amem uns aos outros”

Quem disse? George Harrison, guitarrista dos Beatles. Conhecido como o Beatle calado, na década de 1960 começou a seguir o hinduísmo. Compôs clássicos da banda inglesa como “Here comes the sun”, “Something” e “While my guitar gently weeps”.

Como morreu? Suas últimas palavras foram registradas por sua esposa em 29 de novembro de 2001. George lutava contra um câncer e fora submetido, uns meses antes, à radioterapia na Suíça. Antes de morrer, teria dita apenas: “Love one another”.

/////

4 – “Eu e meu papel de parede estamos em um duelo mortal. Um de nós precisa ir”

Quem disse? Oscar Wilde, escritor e poeta irlandês. Seu texto mais famoso, O Retrat0 de Dorian Gray, trata da vaidade dos homens e é tido por críticos como um dos melhores romances ingleses.

Como morreu? Sucumbiu a um ataque de meningite em 1900. Suas últimas palavras foram ditas em um quarto de hotel. Um detalhe: depois de a declaração vir a público, os donos do hotel decidiram mudar o papel de parede do quarto onde Wilde estava. No fim, nem Wilde nem o papel de parede resistiram.

/////

3 – “Bebam por mim, bebam por minha saúde. Vocês sabem que não posso mais beber.”

Quem disse? O pintor, escultor e desenhista espanhol Pablo Picasso, famoso por seu trabalho com técnicas cubistas. É autor de mais de 20 mil trabalhos, conhecidos mundialmente.

Como disse? Picasso já havia encerrado sua atividade artística na ocasião. O fim da carreira aconteceu após uma operação na próstata e na visícula e depois de perder parte da visão. Em abril de 1973, enquanto jantava com sua esposa Jacqueline, proferiu suas últimas palavras. Jacqueline não bebeu. Em 1986, a esposa, ainda sem ter se recuperado da morte do pintor, pegou uma arma e tirou sua própria vida.

/////

2 – “O estado da Flórida está matando uma pessoa inocente. O estado da Flórida está cometendo um crime, porque eu sou inocente. A pena de morte não é somente uma forma de vingança, é também um ato covarde dos humanos. Sinto muito pelo que está acontecendo a mim e pela minha família, que está tendo que passar por isso.”

Quem disse? Ángel Nieves Díaz, porto-riquenho condenado por assassinato nos Estados Unidos e executado por injeção letal.

Como disse? A execução de Ángel foi polêmica. O executado morreu declarando-se inocente. Mais do que isso. Durante o processo de execução, que dura cerca de 15 minutos, tardou 37 minutos. Doses e mais doses da droga eram injetadas e o condenado não morria.

/////

1 – “Dinheiro não pode comprar vida”

Quem disse? Bob Marley, músico jamaicano.

Como disse? Em 1977, Marley foi diagnosticado com um melanona maligno. Quatro anos depois, em 1981, quando voava da Alemanha para a Dinamarca, suas funções começaram a piorar. Um desembarque forçado em Miami foi a última tentativa para levar o cantor a um hospital. Bob morreu, aos 36 anos, devido a disseminação do melanona para os pulmões e para o cérebro. No leito de morte, disse a seu filho Ziggy: “O dinheiro não pode comprar a vida”.


Via SuperInteressante.