Por: Ricardo Daniel Treis | 5 anos atrás

Consultoria ComScore datou: em 12 meses o  Twitter perdeu 24% da audiência no Brasil, o que significa um número de 3,7 milhões de acessos a menos. Você ainda twitta?

“Até o ano passado, o Twitter tinha um grande volume de mensagens que eram brincadeiras, memes e outras postagens com o objetivo de gerar reconhecimento entre os amigos. Com o crescimento do Facebook, essas brincadeiras começaram a deixar o Twitter.” – José Calazans, analista do Ibope Nielsen Online

Segundo Bia Granja, curadora do festival de cultura digital YouPix, a queda se deve ao Twitter não ser uma rede focada em relacionamento. Você dificilmente percebe reações, e que é ávido por atenção fica perdido. A única certeza de que alguém leu algo é um retweet ou um comentário. Um “curtir” no Facebook é mais fácil.

Já nos EUA a rede continua crescendo. No último ano foram 22%, o que quer dizer que a rede está com mais de 40,2 milhões de acessos.

Leia a matéria completa que saiu n’O Estadão sobre a migração dos usuários no Brasil.


Bem no assunto, teve essa que comentei recentemente: Quando o diferencial do concorrente vira fraqueza. O  Twitter ficou para quem tem interesse no compartilhamento de informações sérias.