Por: Anderson Kreutzfeldt | 22/05/2014

Vale a ressalva de que esse caixeiros são os mesmos que explodiram um caixa eletrônico na manhã de hoje. Leia a matéria:

As buscas começaram logo após a troca de tiros com os caixeiros na frente do mercado, na rua Bernardo Grubba, no Centro da cidade. Os homens fugiram em um VW Gol, cor branca, com placa adulterada de Balneário Camboriú, que, apesar de alvejado no motor, só parou em uma rua no bairro Schroeder I, em Schroeder. Os quatro homens entraram no mato e, a partir dali a PM montou um cerco em toda a região, contando com o apoio de pelo menos 20 viaturas do 14º Batalhão de Polícia Militar, e outras de Joinville, bem como da Polícia Civil e Divisão de Investigações Criminais.

Pelo menos duas viaturas da Polícia Militar foram atingidas por disparos de fuzis e ficaram danificadas. O policial militar Vilson Nogath foi atingido de raspão por um disparo de fuzil, no momento da troca de tiros com os caixeiros, na frente do mercado, por volta das 5h20. Ele apresentava um corte em uma das pernas de aproximadamente cinco centímetros, foi socorrido e levado ao Hospital e Maternidade São José, onde foi medicado e liberado ainda durante a manhã. Informações extraoficiais dão conta que pelo menos R$ 75 mil tenham sido levados pelos arrombadores.

O Helicóptero Águia da Polícia Militar fez vários sobrevoos na área onde supostamente estariam os fugitivos, no entanto, ninguém foi localizado. O canil do 14º Batalhão de Polícia Militar também participou das buscas na mata. Várias trilhas foram encontradas, assim como dois carregadores de pistas, dois rádios comunicadores e uma mochila com bolachas e enlatados foram encontrados no mato. A população também colaborou com a PM repassando informações de suspeitos através do 190 da Central Regional de Emergência. Vários veículos suspeitos foram abordados, mas ninguém foi preso.

Um esquema de monitoramento da área e busca foi montado para o período da noite. A Polícia Militar orienta aos moradores que evitem sair de casa e que, a qualquer sinal suspeito, latido de cães durante a noite, pessoas suspeitas na rua ou em volta das casas, informem a CRE, pelo 190.

Por volta das 19h40, chegou a informação à Polícia Militar de que homens teriam invadido uma casa na rua Matogrosso, bairro Amizade, em Guaramirim, no limite com Schroeder. Minutos depois, fugiram em um carro vermelho. No local, a PM foi informada que um dos caixeiros invadiu a casa ainda antes das 16h, e foi resgatado por um comparsa que chegou ao local em uma picape com placas de Içara-SC.

O homem estaria todo arranhado e sujo quando invadiu a casa, segundo a vítima. A mulher informou ainda que o caixeiro fez contato telefônico com o comparsa, que o resgatou meia hora depois. No entanto, antes disso, fez várias outras ligações, sem sucesso. A picape usada no resgate seguiu pela rua Valdir Prucce, em direção à 28 de Agosto e ao Centro de Guaramirim. A mulher informou que o modelo da picape seria tipo VW Saveiro, com lona marítima, e que foi obrigada a explicar para o motorista como chegar à residência. O caixeiro resgatado estava com uma arma curta, todo sujo de lama e portava ainda um telefone celular.

A ocorrência teve seu desenrolar mais dramático por volta das 20h30, na rua Erich Froehner, em Schroeder, quando um agricultor matou um dos caixeiros por estrangulamento. Os três caixeiros fugitivos invadiram a casa na rua Erich Froehner e renderam os moradores. Os três permaneceram um tempo dentro da casa, se alimentaram e ameaçaram a família, até que o agricultor reagiu e matou um deles estrangulado. Os outros dois fugiram para o mato e mencionaram que havia outro comparsa, com uma arma longa (fuzil). O morador ficou ferido. Na casa, foram encontradas munições e um carregador de pistola.

Cerca de 40 minutos depois, a Polícia Militar encontrou os dois nas proximidades. Atrás da casa onde foi morto o caixeiro, houve troca de tiros entre policiais e os bandidos há cerca de 200 metros para dentro do mato. Minutos depois, a informação de que mais um havia sido morto, próximo a um estábulo, na mesma propriedade. Enquanto isso, o outro continuava no mato.

Com o caixeiro morto, os policiais encontraram carga pronta de dinamite e uma pistola 380. Policiais militares de Joinville que participam da operação informaram que os dois mortos são de Joinville. Um dos mortos, Diego Druhm, já cumpriu dois mandados de prisão em Balneário Camboriú e estava com dois mandados de prisão em aberto, nas cidades de Porto Belo e Videira, ambas em Santa Catarina. Ele, também, teria participado de um assalto a um veículo Fiat Doblô que transportava dinamites, na semana passada, em Curitiba-PR.

As 21h55 houve nova troca de tiros no mato e a informação de que o outro homem havia sido morto. Com ele, os policiais encontraram parte do dinheiro levado dos caixas eletrônicos, uma arma curta e o fuzil que foi usado para atirar contra as viaturas da Polícia Militar, no começo desta quinta-feira (22), em Jaraguá do Sul.

via @JaraguaAM