Por: Sistema Por Acaso | 24/03/2017

Andréia Chiavini trabalhava 12 horas por dia como fisioterapeuta quando começou a praticar pilates para diminuir as dores na coluna. Ela se apaixonou pela prática na primeira aula porque conseguia conciliar a prevenção com a reabilitação. Desde então, passaram-se dez anos que ela inaugurou seu estúdio de pilates na Clínica SER.

Natural de Joaçaba, ainda pequena foi morar em Chapecó e aos 19 foi para Florianópolis. No ano de 2007, ela se mudou para Jaraguá do Sul, onde construiu uma história de reconhecimento e alegrias. Hoje, Andréia já conta com quatro estúdios na clínica. Além da formação em pilates, ela se especializou em RPG/RPM (reeducação postural global), técnica que utiliza nos seus atendimentos.

24_citac

“Se eu como profissional não fizer pilates e não entender como ele funciona, não tenho como transmitir as particularidades do método para os meus pacientes. O conhecimento teórico está distante da vivência e acredito que essa seja a razão para os excelentes resultados que venho obtendo”, avalia a fisioterapeuta. Andréia é praticante assídua e coloca o pilates como o principal responsável pela sua qualidade de vida.

Entre os benefícios da prática, ela cita o controle do próprio corpo que o paciente obtém, melhorando seu desempenho e assim, adquirindo uma postura mais adequada e espontânea em consequência da reestruturação muscular. Segundo Andréia, a utilização da resistência do próprio corpo ou das molas associada às técnicas de alongamento, controle respiratório e força são capazes de restaurar e aumentar a flexibilidade, a força muscular, melhorar a qualidade da respiração, o equilíbrio geral e, por consequência, ajudar na prevenção de possíveis lesões.

Para a fisioterapeuta, a personalização do atendimento faz toda a diferença nos resultados e por isso, todos os pacientes são submetidos a avaliações físicas e funcionais. Os testes apresentam as limitações, alterações e objetivos de cada um. “Nossa avaliação foi desenvolvida através de muito estudo e estamos sempre nos atualizando”, observa. Nesse ano, Andréia irá receber o certificado internacional pelo Pilates Method Aliance (PMA). Além disso, ela planeja expandir uma das salas de pilates e a de TRX.

Andreia Pilates - em (2)

Durante os dez anos de funcionamento, mais de 400 pessoas já passaram pelo estúdio para fazer pilates e TRX. Atualmente, são 250 alunos. “O meu prazer é proporcionar qualidade de vida para as pessoas que nos procuram e ver na prática os resultados do nosso trabalho, é sentir a satisfação do cliente pela melhora da sua dor ou aumento do condicionamento físico dele”, destaca.

Em 2017, o estúdio iniciou o atendimento exclusivo do pilates suspenso, funcional e do método For Weight Loss para redução de gordura corporal. Também são oferecidas as aulas de TRX, pilates clássico, clínico, contemporâneo e grupos de alongamento. Seis profissionais atuam nos estúdios.

Veja mais no site especial: http://www.mulheresdestaque.com.br