Por: Ariston Sal Junior | 4 anos atrás

Cada cidade tem sua característica própria, seu sotaque, sua cultura, mesmo que algumas se confundam com as de outros municípios. Jaraguá do Sul não é diferente. Por conta disso, na gastronomia, uma forte influência da culinária germânica pode ser observada nos pratos mais tradicionais da cidade, assim como acontece em outros municípios catarinenses e do Rio Grande do Sul. O Top 5 de hoje não elenca os melhores ou maiores, mas aqueles que você, se ainda não conhece, precisa experimentar, pois traduz muito da cozinha da região.

 

Batata Recheada

Batata-Recheada-Com-Requeijão-e-Bacon

Bacon é vida =)

Esse é um caso curioso. Originária da Turquia, onde recebe o nome de Kumpir, a Batata Recheada é o prato mais vendido de qualquer festa alemã que se preze. Em época de Schützenfest aqui em Jaraguá, muitos saem de casa, mesmo chovendo, só para ir comer a icônica batata na festa, tamanho o potencial que essa iguaria tem entre os jaragaenses. E outra, a versatilidade da Batata Recheada é tão grande que permite uma infinidade de recheios. Bacon e strogonoff talvez sejam os mais consumidos, mas dá para colocar carne moída, camarão e até mesmo alguns peixes, como salmão, todos são excelentes opções.

 

Marreco Recheado

Marreco recheado geralmente acompanha repolho roxo, batatas e purê de maçã.

Marreco recheado geralmente acompanha repolho roxo, batatas e purê de maçã.

Esse dá para considerar quase um prato típico do estado de Santa Catarina, mas foi aqui em Jaraguá do Sul que eu o experimentei pela primeira vez. Outro prato das festas alemães, não é raro se deparar com o famoso Marreco Recheado em buffets de casamentos, aniversários e ceias de Natal. Acompanhado de repolho roxo então? Diferente da batata aí de cima, o Marreco Recheado é originário da gastronomia alemã, onde é chamado Ente mit Rotkohl.
Curiosidade: Dizem que a ave que é consumida no prato é na realidade o Pato de Pequim, comum no Brasil, diferente do Marreco, muito comum na Alemanha, mas a forma de preparar é exatamente a mesma. Mesmo que na embalagem venha indicado “marreco”, para satisfação dos imigrantes alemães, saiba que você está consumindo pato.

 

Salsicha Bockwurst

Vai um tira-gosto aí?

Vai um tira-gosto aí?

Outro prático típico alemão (com esse nome não poderia ser brasileiro mesmo, né?), a Salsicha Bock, como é comumente chamada, é um prato bastante apreciado entre os jaraguaenses. Um bom “boteco” que se preze, serve uma porção generosa da iguaria para acompanhamento de um  chope gelado. Ela é produzida com carne de vitela ou porco, temperada com sal, pimenta branca e páprica. Ah, a “tripa”usada para envolver a salsicha é natural.

 

Apfelstrudel

1024px-Strudel

Delícia

Esse é um dos meus prediletos e conheci na casa do meu melhor amigo, que é filho de húngaro (daí eu achar que fosse originário daquele país), mas chegando no Sul, passei a achar que fosse típico alemão, mas na realidade o Apfelstrudel (folhado de maçã) é uma sobremesa tradicional austríaca, da cidade de Viena. O prato ganhou o mundo e talvez seja o mais conhecido com massa folhada da Europa Central. Os alemães chamam apenas de Strudel.
Aqui em Jaraguá eu já experimentei com outros recheios, como o de queijo, que é imbatível, mas tem umas versões salgadas também que fazem sucesso.

 

 

Joelho de Porco (Eisbein)

Eisbein

O que vcs acham?

Bom, esse é um dos raros casos de prato típico de uma região que ainda não experimentei. Preciso remediar isso. O fato é que o Joelho de Porco está para a Alemanha assim como o chope. O famoso Eisbein também é encontrado em restaurantes típicos e festas alemães. Assim como o Marreco Recheado, também está presente em várias oportunidades de confraternização aqui da cidade. Posso estar falando escrevendo besteira, mas creio que o Joelho de Porco com Chucrute (Eisbein mit Sauerkraut) seja o mais consumido.

 

E você? Achou que faltou algum prato? Então deixe aí nos comentários a sua sugestão e ajude a aumentar o repertório de pratos que se come em Jaraguá do Sul. Bom apetite!