Por: Cláudio Costa | 2 anos atrás

Aderir a uma operadora no plano pré-pago era o mesmo que entrar para uma religião. Só dava pra ligar para os números da mesma empresa. Se você precisasse falar com o celular de outra operadora, o jeito era ter um chip ou arcar com o enorme custo da taxa de interconexão entre operadoras e pagar, em média, R$ 1,50 por minuto. Pois é, mas a Tim, e posteriormente a Oi, mudaram o jeito de falar ao celular.

A Tim foi a primeira a anunciar uma mudança na cobrança feita nas ligações para outras operadoras. Agora, uma chamada para outra operadora custam o mesmo que uma ligação de Tim para Tim, R$ 0,25, ou seja, quarenta vezes menos que antes. A operadora foi a primeira a criar o efeito comunidade (implantação de ofertas entre seus clientes para incentivá-los a convencer outros a aderirem.

Agora, segundo Rogerio Takayanagi, CMO da Tim Brasil, a ideia é criar uma comunidade única, com menos chips e agendas menos caóticas. A adesão a esse novo esquema da TIM estará disponível para novos clientes. Os usuários TIM que queiram aderir devem ligar para os números *222 ou *144#. Clientes pré podem fazer o processo pelo número 4141.

A Oi também eliminou a taxa de interconexão, mas de uma forma diferente. Todas as ligações feitas pelos seus clientes serão contabilizadas no mesmo pacote de minutos, ou seja, ligações para outras operadoras e de Oi para Oi terão o mesmo preço. Incialmente, a operadora vai disponibilizar a medida para planos pós-pagos, mas a novidade será estendida para os planos pós e controle a partir do dia 25 de novembro.

Assim como alegado pela TIM, um dos objetivos da Oi é acabar com a necessidade de o cliente utilizar diversos chips para falar com todos os seus contatos. Os planos pré-pagos começam em R$ 40 por mês (por 300 minutos mensais para falar com qualquer telefone do Brasil, 1GB de internet 4G, 500 mensagens SMS para qualquer operadora e acesso à rede oi WiFi.

Fontes: Olhar Digital e Gizmodo