Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Vizinho que reclamou de barulho de sexo é condenado no Rio
Um vizinho que reclamou do barulho feito por um casal durante o sexo foi condenado a pagar R$ 5.100 a cada um deles por danos morais. O réu foi processado pela reclamação que fez no livro do condomínio, no Rio de Janeiro.

Ele escreveu que o comportamento do casal seria aceitável somente em “prostíbulos e motel de beira de estrada”. O vizinho relatou que o casal passava de gemidos indiscretos a gritos escandalosos.

Em sua decisão, o desembargador Sergio Jerônimo Abreu de Silveira, da 4.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), considerou que houve excesso por parte do réu.

Para o magistrado, a forma como a intimidade do casal foi exposta denegriu a imagem de ambos perante outros moradores do prédio.


Dez mil e duzentos reais pelo “excesso”. Já pensou esse rigor todo nos casos de crimes políticos? Teriam que implantar pena de morte pra ficar à altura.