Por: João Marcos | 7 anos atrás

O técnico jaraguaense Júlio César Patrício afivela as malas para aquilo que ele mesmo intitula como “o maior desafio da sua carreira”. A convite da Confederação Brasileira de Basketball, irá comandar a Seleção Brasileira Sub18 feminina, que disputar a Copa América.

Radicado em Jaraguá do Sul há 17 anos, Patrício ajudou a transformar o basquete feminino local numa potência estadual. Isso num espaço de dez anos. Sua primeira oportunidade na Seleção Brasileira foi em 2010, quando auxiliou Luiz Tarallo na equipe sub18 feminino.

No ano passado, foi convocado para auxiliar a equipe sub19. Abriu mão do convívio com esposa, filhos e atletas durante seis meses, para residir em Jundiaí (SP) e se dedicar ao sonho de um dia comandar um selecionado nacional.

E a oportunidade enfim chegou. Patrício irá comandar o grupo sub18 feminino na caminhada rumo ao Campeonato Mundial. Para isso, primeiro tem que classificar as meninas do Brasil entre as quatro melhores da Copa América, que acontece em Gurabo (Porto Rico), entre 9 e 15 de agosto.

“Com certeza este é o maior desafio da minha vida. Mas vamos para Porto Rico com o pensamento de classificar a equipe ao Mundial e, por que não, vencer as americanas”, comenta. “Vou sem medo de jogar contra os Estados Unidos. Como treinador de Seleção Brasileira, nunca perdi para elas”, brinca Patrício.

“Brincadeiras à parte, vamos para Porto Rico atrás do título da competição e é este pensamento que quero incorporar ao grupo. Se formos para lá pensando em disputar o segundo lugar, nem adianta subir no avião”, afirma.

Na próxima semana, Patrício segue para Jundiaí (SP), onde passa uma semana acompanhando os treinamentos da seleção adulto. Depois retorna para Jaraguá do Sul, onde fica até o dia 27, quando viaja com o time sub18 para Orlando (EUA), onde a equipe fará seu primeiro estágio de preparação ao Mundial, com treinamentos, jogos-treino e dois amistosos contra a seleção americana.

Via Avante