Por: Gabrielle Figueiredo | 2 anos atrás

A partir deste domingo, dia 15, a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) volta a ser cobrada em Bombinhas. A cobrança vai até 15 de abril de 2016 e visa equacionar os prejuízos de ordem ambiental, pelo volume excessivos de pessoas e veículos do município na alta temporada.

Foto: Marcos Porto/Agência RBS

Foto: Marcos Porto/Agência RBS

Os valores de novembro e dezembro, em comparação aos adotados no primeiro semestre de 2015, foram arredondados. Entretanto, a partir de 1º de janeiro de 2016 eles devem sofrer um novo reajuste, ainda não estipulado pela prefeitura.

Conforme o munícipio, os valores mudaram para facilitar o troco. Os veículos de passeio passam a pagar R$ 21,50, quando em janeiro de 2015 pagavam R$21,83. As novas taxas são de R$32,50 para caminhonetes e furgões, R$43,50 para vans e micro-ônibus, R$65,50 para caminhões e R$ 109,00 para ônibus.

Segundo a prefeitura, por sugestão dos moradores, foram feitas algumas mudanças no sistema. Todo proprietário de imóvel pode cadastrar quantos veículos desejar que estejam no nome dele. Antes, apenas um veículo por proprietário era autorizado.

Carros licenciados no município de Bombinhas e Porto Belo são isentos da taxa, assim como os veículos que realizam abastecimento no comércio e prestadores de serviços, veículos transportando artistas e aparelhagem para espetáculos, feiras, convenções, veículos de empresas concessionárias de serviços públicos, veículos de trabalhadores no município e de proprietários de imóveis prediais.

Como a taxa é cobrada

Foto: Departamento de Comunicação de Bombinhas

Foto: Departamento de Comunicação de Bombinhas

Quando um veículo de turista entra no município, a placa é registrada por radares em um sistema eletrônico de leitura de placas. A cobrança é feita por registro de entrada do município. Caso o turista permaneça na cidade por mais de um dia, como por exemplo seis dias consecutivos, ele paga apenas uma taxa. Se ele decidir ir para outras cidades da região, paga a cada vez que entrar no município.

O prazo máximo para pagamento sem multa é de 30 dias contados a partir da entrada no município.

Os veículos com placa estrangeira serão os únicos abordados fisicamente pelos agentes dispostos nos dois acessos a Bombinhas e deverão realizar o pagamento antecipadamente.

Como fazer o pagamento

Para efetuar o pagamento da taxa, o visitante deve se dirigir a um ponto comercial cadastrado, a um ponto oficial de recolhimento da TPA ou ainda pagar antecipadamente, através do site da Prefeitura Municipal.

Saiba mais informações neste link.

Fonte: G1 e Prefeitura de Bombinhas.

LEIA TAMBÉM: Floripa pode implantar pedágio ambiental durante a temporada