Por: Ricardo Daniel Treis | 4 anos atrás

Com informações do AN e O Correio do Povo:

missa

Hoje encerra-se oficialmente a primeira etapa do processo de beatificação do Padre Aloísio Boeing. Além de marcar o fim da fase diocesana, o momento contará com um ato importante: a reposição dos restos mortais do sacerdote, exumados para o reconhecimento e preservação da ossada.

O evento acontece na igreja Nossa Senhora do Rosário, e começa com a adoração ao Santíssimo Sacramento, que dura até as 14h30. A seguir, às 15 horas, ocorre a primeira Santa Missa. Após o ato, haverá uma pausa e, às 19 horas, o salão paroquial recebe o ato oficial de encerramento do processo de beatificação. Neste momento, toda a documentação reunida em dois anos de pesquisas será lacrada para ser enviada a Roma, onde a segunda etapa do processo tem sequência.

Às 20 horas começa a segunda missa do dia, que deve ser finalizada em um momento de grande devoção. A celebração, uma ação de graças pelo encerramento do processo, contará, em seu fim, com uma procissão, que levará o relicário com os restos mortais do Padre Aloísio de volta para seu túmulo.

De acordo com o vice-postulador da causa, Padre Léo Heck, na próxima semana serão encaminhados para Roma todos os documentos recolhidos nesta primeira fase. “Temos o testemunho de 34 pessoas sobre como foi a vida cristã e sobre a forma como ele acolhia a todos, o que comprova a veracidade da vida com Deus. Além disso, estão todos os documentos civis e religiosos e o relato de 15 graças alcançadas através dele. É um momento muito importante porque é o terceiro candidato a Santo, no Estado, que passa da primeira fase com perspectivas tão boas”, enfatiza.

O responsável por representar a causa, o Postulador Paolo Vilotta, acompanhará o processo no Vaticano. Vilotta conta que a primeira fase transcorreu bem e de forma rápida, porém não há previsão de quanto tempo levarão as etapas seguintes.