Por: Gabriela Bubniak | 1 ano atrás

Nascer, crescer ou viver em uma cidade de colonização alemã, com certeza oportuniza a qualquer pessoa o enriquecimento da bagagem cultural. Não é pra menos, a tradição, costumes e valores são elementos admiráveis do povo alemão.

Mas além disso, entre as coisas que mais marcam, principalmente aqui na região, estão a língua e a pronúncia acentuada. Quem cresceu ouvindo o opa e a oma trocarem palavras em alemão no meio das conversas, com certeza entendeu aonde estou querendo chegar.

Apesar da descendência polaca, sempre ouvi os avós dos meus amigos falarem diversas palavras que eu nem imaginava o que podiam significar. Vamos combinar, quem nunca ouviu: nene, süsse e schatzi? E você sabe o que elas significam? E bubi e brudi?

A gente foi atrás e, olha só, quem nos ajudou com a tradução foi a jaraguaense Ursula Mueller, que morou na Alemanha por dois anos, trabalhou em uma empresa alemã por 15 e foi professora da língua por mais dois. Dá uma olhada:

Süsse ou Süsser: docinho, a mulher chama o homem de Süsser e o homem chama a mulher de Süsse.
Pronúncia: Zisse ou Zissa

Schatz ou Schatzi – tesouro ou tesourinho. Um dos termos alemães mais usados para demonstrar afeto.
Pronúncia: Xátz ou Xátzi

Nene: bebê, neném ou filhinho.
Pronúncia: Nêne

Bubi ou Bub: rapazinho/piá.
Pronúncia: como se lê

Brudi (Bruder): irmão – que muita gente fala “rudi”, já ouviu? Rudi também pode é apelido de Rudofo, Rudolf, Rudiberto, etc.
Pronúncia: Brudi como se lê e Bruder se lê bruda

Venha, Schatzi. Não se junte com essa gentalha!

“Komm Schatz, misch Dich mit diesem Gelump nicht ein”

Mais para o vocabulário

Além dessas três palavras, a Ursula contribuiu com várias outras que, provavelmente, ainda são pronunciadas nas casas das famílias típicas alemãs do interior (e quem sabe aí na sua também).

Liebling – que tem três significados: preferido, amor e querido. É o mais perto em alemão da palavra “querida” ou “querido” em português.
Pronúncia: Líbiling

Bärchen: ursinho.
Pronúncia: Bérrien

Herz ou Herzlilein: coração ou coraçãozinho.
Pronúncia: Hertz ou Hertzlaine

Popi (de Puppe): boneca/bonequinha.
Pronúncia: Pópi (de Púppe)

Maus: Camundongo. Apesar de não parecer apropriado, é comum ouvir um alemão chamar sua namorada ou esposa de “Maus”. O termo também é usado para de referir às crianças pequenas (cujo comportamento agitado certamente lembra mais os roedores). Nesse caso, o diminutivo “Mäuschen” é mais usado.
Pronúncia: Máus ou no diminutivo Móisien

Kleine – pequena.
Pronúncia: Kláine

Mädel/Mädchen: menina/menininha.
Pronúncia: Médel ou Metchen

Schnecke: significa caracol. Ok, tem aquele famoso pãozinho doce (xineque), mas neste caso, o caracol pode ser substituído por “gracinha” ou “fofinha”, mais para se dirigir a crianças.
Pronúncia: Xinéque

Palavrões

E olha que ela até lembrou de uns xingamentos bem comuns… mas essa é pra ficar aqui, hein? Nada de sair xingando ninguém por aí!

Arschloch: idiota/imbecil
Pronúncia: Árxlor

Rotslöffel (literalmente colher de meleca): usava-se pra moleque
Pronúncia: Rotsléfele

Schnapskopf: cachaceiro
Pronúncia: Xinápskopf

Tolpatsch: trapalhão, estabanado
Pronúncia: Tolpatch

Se você é novo por aqui e nunca viu ninguém conversar em alemão nas redondezas, então vai uma dica: experimente pegar um ônibus para o interior, ou tipo daqui para Schroeder – ou vice e versa – no meio da tarde. Vai sentir que está em qualquer lugar da Alemanha, menos no Brasil. Experiência própria 😉

E, como disse a Úrsula ao fim do nosso papo: bis bald (até mais)!