Por: André Marques | 4 anos atrás

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações criminosas, mais conhecido como Gaeco conduziu uma operação de busca e apreensão em cinco cidades.

O objetivo de coletar materiais para investigar casos de fraude e corrupção em um concurso realizado pela prefeitura Municipal de Coronel Freitas, em SC.

Para quem não sabe o DC informa melhor o que é o Gaeco:

O Gaeco é uma força-tarefa formada pelo Ministério Público de Santa Catarina, as Polícias Civil e Militar, Secretaria de Estado da Fazenda e Polícia Rodoviária Federal.

Os agentes cumpriram os mandados de busca e apreensão em Coronel Freitas, Xanxerê, Maravilha e Arabutã, todas em Santa Catarina, além de Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul.

16891309

Denúncias feitas por candidatos que participaram do concurso, que aconteceu em abril na Promotoria de Justiça de Coronel Freitas resultaram na abertura da investigação. A suspeita é clássica de concursos públicos: vazamento de gabarito.

As provas foram realizadas e os resultados até foram divulgados, mas tudo, inclusive a nomeação, foi suspenso.

Clarice Zucco, secretária de administração, se limitou a dizer que ninguém se pronunciará até que tomem um maior conhecimento da ação:

Por enquanto não temos nada a declarar, estamos surpresos e tentando entender o que está acontecendo – finalizou.

via DC