Por: Max Pires | 7 anos atrás

A intenção de Alexandre Pato em fazer o processo de seu divórcio com Sthefany Brito correr no Brasil acabou não saindo da forma esperada.

Em maio, o advogado do jogador de futebol entrou com uma ação pedindo que o valor da pensão alimentícia a ser pago à ex-mulher fosse de R$ 5 mil. Na ocasião, o juiz Antônio Aurélio Abi Ramia Duarte aceitou o pedido, estabelecendo o benefício pelo período de um ano.

Descontente com a determinação, os advogados de Sthefany entraram com uma reconvenção, pedindo 20% dos ganhos líquidos do jogador. A juíza Maria Cristina de Brito Lima aceitou o pedido na quinta-feira (8) e estabeleceu o valor por tempo indeterminado.

A decisão da juíza também se aplica aos futuros contratos a serem assinados por Pato, seja com patrocinador ou para campanhas publicitárias. Do cachê a ser recebido, a atriz terá direito a 20% do valor que o jogador firmar com as empresas.

Via Terra.