Por: Misael Freitas | 16/03/2017

Não há quem resista a um saboroso sorvete, ainda mais, se ele for produzido aqui, em Jaraguá do Sul. No mercado desde 1993, a Kaktus Sorvetes inaugurou há dois anos sua primeira sorveteria física, com serviço de buffet e atacado. De segunda a segunda, quem administra o local é Gilvanete Schutz Correia, de 45 anos.

A microempresária nunca foi de ficar parada e muito menos, desistir perante as dificuldades. Ainda jovem, morava na cidade natal, Ituporanga, onde trabalhava como agricultura. Quando o marido, Edson Correia pôs em prática a ideia de produzir sorvetes artesanais, Gilvanete abraçou o sonho e colocou a mão na massa.

Hoje, ela é a responsável por cuidar da Sorveteria Kaktus, no bairro Chico de Paulo e auxilia no setor financeiro da fábrica, instalada no bairro Nereu Ramos. O trabalho em parceria, que agora também conta com a ajuda dos dois filhos do casal, vem gerando bons resultados. “Todos pensam em conjunto para o melhor da empresa. Nossos projetos precisam ser dotados de amor e responsabilidade”, enfatiza ela.

16_fachada

Apesar dos dias difíceis, a jornada dupla não foi um problema para Gilvanete, que sempre “deu um jeitinho”, como brinca ela, para conciliar o papel de mãe, esposa e administradora da empresa. “Assim como eu, os filhos também se envolveram no negócio e gostaram”, comenta.

A Kaktus Sorvetes conta com mais de 20 sabores na linha de potes e 40 de picolés, produzidos pela catarinense Superfrut. “Somos o único distribuidor da marca em Jaraguá do Sul. E, na Kaktus, além do sorvete em potes, fabricamos o sundae e moreninha. Também temos a marca Super Gelo, com produção entre 1.800 a 2.500 quilos de gelo por dia”, explica Gilvanete. A empresa possui mais de 450 pontos de venda na região, estando presente em cidades como Joinville, Blumenau, São Francisco do Sul e Balneário Barra do Sul.

Nesse ano, a marca lançou o pote de 1,5 litros de sorvete. A novidade, segundo a microempresária, transformou-se no carro chefe da Kaktus. “O pessoal gostou muito pela boa quantidade, qualidade e preço acessível do produto e está saindo mais do que o de dois litros”, avalia.

Gilvanete garante que os clientes podem esperar por mais surpresas no começo do segundo semestre de 2017. “Nosso objetivo é crescer, firmar a Kaktus como uma grande marca no mercado, e para isso, estamos evoluindo. Se existe o sabor, transformamos em sorvete”, destaca. A fábrica também faz os produtos sob encomenda.

Veja mais no site especial: http://www.mulheresdestaque.com.br/