Por: João Marcos | 6 anos atrás

Repetindo o feito de junho de 2011, o governo sírio cortou hoje o acesso à internet do país. A diferença é que, dessa vez, o acesso não foi apenas comprometido em parte: durante quase horas na manhã dessa quinta-feira, a Síria foi o primeiro país a sair completamente da internet, deixando seus mais de 22 milhões de habitantes desconectados.

A informação é da Renesys, empresa de análise de tráfego. Segundo eles, todos os 84 blocos de IP reservados à Síria ficaram inacessíveis às 08:26 (horário de Brasília), removendo completamente o país da internet. Quase 4 horas depois do ocorrido, apenas 14 das redes ligando o país à rede voltaram a funcionar. Ainda assim, isso deixa o país com 92% de conectividade à internet perdida.

Os blocos de IP são controlados pelo backbone AS29386 que por sua vez está sob controle da estatal SyriaTel. Então resta pouca dúvida de que a ação foi mesmo executada pelo governo do país, principalmente pelos relatos de movimentos de rebelião nos últimos dias.

Fonte