Por: Sistema Por Acaso | 8 anos atrás

Em uma matéria de capa da revista da revista britânica “Terrorizer”, os integrantes do Sepultura descartaram com veemência uma reunião da formação clássica da banda. Andreas Kisser e Paulo Jr., os dois integrantes remanescentes, foram enfáticos sobre o assunto, deixando claro que o retorno de Max e Iggor Cavalera não dever acontecer tão cedo.

“Nós não somos escravos de uma situação de ter de cumprir algum compromisso porque éramos parte de algo bem sucedido dez ou quinze anos atrás”, disse Andreas. O guitarrista, no entanto, chegou a admitir a possibilidade. “Se formos fazer uma reunião, devemos fazer da maneira certa. Não estou propenso a fazer um show para desrespeitar nossa história e nossos fãs apenas para atender as expectativas de empresários e agentes. E eles vêm falar em dinheiro? Eles não colocam a cara à tapa, mas nós sim”.

Paulo foi mais direto: “Nós não queremos reunir a formação original e foda-se”.

Desde meados do ano passado Max Cavalera tem demonstrado publicamente a intenção de fazer a sonhada reunião do Sepultura com a formação clássica. Em agosto desse ano, o guitarrista/vocalista declarou que “seria legal fazer isso (uma turnê de reunião) no ano que vem. Há muitas ofertas interessantes ao redor do mundo, as pessoas querem ver essa reunião”. Max responsabilizou a dupla Andeas/Paulo pelo fato de uma turnê de reunião não se concretizar.

Via Rock em Geral