Por: Max Pires | 7 anos atrás

Seleção tem novo uniforme, com polêmica listra verde no peito

A nova camisa da seleção brasileira chega com polêmica. Nesta terça-feira, a gigante norte-americana do mercado de material esportivo Nike confirmou o design que tinha vazado na internet em janeiro: mais simples, gola careca amarela e com uma tarja verde no peito, logo abaixo do símbolo da CBF. O preço sugerido da original é de R$ 239,90. A réplica deve sair por R$ 189, adicionando R$ 10 nas camisas com números.
A mudança em relação ao modelo atual é grande. Os jogadores que defendem o Brasil no Sul-Americano sub-20, no Peru, jogam com uma camisa amarela com detalhes em verde na gola e nos ombros. O peito é todo amarelo. A nova “canarinho” só tem o verde no peito.

Gola amarela
Também chama a atenção no uniforme a gola careca amarela, quebrando a tradição do verde no local. É a segunda vez desde 1997 que a empresa norte-americana faz isso. A primeira foi em 2002, em que a gola era amarela, mas o verde estava presente em diversos detalhes no uniforme. A Nike patrocina o Brasil desde 1997.
A camisa vazou no começo do ano, quando a Nike Austrália iniciou uma pré-venda e incluiu a imagem inédita. Na geração anterior, usada na Copa do Mundo de 2010, a inovação da Nike foi no modelo 2: a camisa azul usada na África do Sul tinha pontos brancos na frente.

Azul ou verde?
A nova camisa reserva também não escapou das polêmicas. Assim como a amarela, tem uma tarja no peito, amarela. E a cor, segundo a Nike, continua sendo azul. Nas fotos enviadas para a imprensa, no entanto, o tom diverge opiniões. Para alguns é verde. Para outros, azul.
A nova camisa vai estrear no dia 9 de fevereiro, no amistoso contra a França, em Paris. Os franceses, aliás, também irão estrear novos uniformes, após trocar a Adidas pela mesma patrocinadora brasileira.

Via UOL.