Por: João Marcos | 5 anos atrás

O Instito Femusc, organizador do Festival de Música de Santa Catarina, está lançando uma campanha incentivando a participação da comunidade na captação de recursos, aproveitando os mecanismos da Lei Rouanet. Para o presidente do Instituto Femusc, Antônio César da Silva, as pessoas podem destinar parte do Imposto de Renda devido ao “leão” para contribuir com o Femusc. Como o IR é compulsório a partir de determinada faixa salarial, o valor doado pode ser abatido na declaração à Receita Federal, conforme os critérios da Lei de Incentivo à Cultura. “É um caso em que a pessoa decide onde seu imposto será aplicado”, esclarece Antônio César.

14577808

A contribuição ao Femusc ajuda na formação de mais de 200 crianças, em diversos programas musicais e na participação dos melhores professores do mundo como instrutores nas categorias profissionais. Incentiva o turismo e fortalece a economia de Jaraguá do Sul e de Santa Catarina.

Ao incentivar a realização do maior festival-escola de música erudita da América Latina, o doador terá seu nome inscrito em uma placa de homenagem aos mecenas, além de ganhar ingressos exclusivos para os concertos.