Por: | 8 anos atrás

A Secretaria Municipal de Saúde de Jaraguá do Sul pretende aplicar 68.361 doses de vacina contra a gripe A (H1N1) durante as cinco etapas que têm um público-alvo específico definido pelo Ministério da Saúde, para prevenir doenças de transmissão respiratória e evitar a gripe. O gerente de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, Walter Clavera, explicou durante a plenária da Acijs e Apevi que foi montada uma forte estrutura de atendimento que envolve 17 unidades básicas de saúde (salas de vacinas), os PAMAs da Jorge Czerniewicz e Barra do Rio Cerro, os Hospitais Jaraguá e São José, clínicas particulares e ambulatórios das empresas.

Segundo Clavera, a gripe é sazonal e uma doença comum, mas requer cuidados. No ano passado Jaraguá do Sul registrou 308 casos de gripe A que foram monitorados epidemiologicamente, destes 133 confirmados e quatro chegaram a óbito por complicações respiratórias. “Este ano estamos mais bem preparados para o enfrentamento da doença, mas isto não significa que os cuidados não devem ser tomados pela população, principalmente os relacionados com a higiene pessoal”, disse.

Ele acrescentou que o alerta epidemiológico deve ser mantido para evitar a propagação da doença. Em Jaraguá do Sul, o Sesi também vai colaborar com a campanha de vacinação, disponibilizando 19 mil doses para os industriários, segundo a gerente regional Rosane Kuhnen.

A Prefeitura deve adquirir mais cinco mil doses de vacina para aplicar em crianças a partir dos dois anos até cinco anos. A vacina dos seis meses a dois anos é garantida pelo Ministério da Saúde.