Por: André Marques | 4 anos atrás

Existem tantas atitudes sutis que podem influenciar nossos hábitos econômicos que não é brincadeira. Um estudo de Stanford descobriu que sentimento de poder pode nos tornar mais econômicos.

Os pesquisadores conduziram cinco experimentos. Eles estudaram como “viagens pelo poder” afetam nossos comportamentos:

Os autores mostraram que se sentir poderoso – definindo isso como ter controle sobre recursos de valor – em uma estado de prazer onde cada pessoa se sente motivada em manter. E desde que dinheiro é o recurso mais cobiçado que temos, eles discutem que indivíduos que se sentem mais fortes economizam dinheiro para assegurar esse sentimento de poder que têm.

781368035534269255

Em um estudo, os pesquisadores deram 10 dólares aos participantes para relatar a um laboratório de pesquisa. Quando eles precisaram relatar ao laboratório, tiveram de sentar em uma cadeira alta ou em uma baixa. Depois da entrevista, os que sentaram na cadeira alta economizaram cerca de $7, enquanto que os ‘baixinhos’ economizaram cerca de $4,50.

De uma maneira geral, os resultados levam os autores a acreditar que as pessoas economizam mais dinheiro quando elas querem manter um sentimento de segurança, de poder. Dinheiro nos faz sentir poderosos, então nos prendemos a ele para estar no controle.

Não é fácil se sentir seguro em relação a isso. Mas quando você faz orçamentos dos seus planos e decide quanto investir em uma meta financeira, isso pode ajudar ao menos a considerar seu nível de controle e poder, não é?

via Life Hacker