Por: Ricardo Daniel Treis | 8 anos atrás

É a Lei quem deve interferir:

A Câmara de Vereadores de Navegantes, no Litoral Norte, aprovou, no começo da noite de ontem, o projeto que proíbe o uso das polêmicas “pulseirinhas do sexo” nas escolas da cidade. Os adereços colocam adolescentes em um jogo que inclui beijos e relações sexuais quando o adereço é rompido por um colega. Para entrar em vigor, ainda falta ser assinado pelo prefeito Roberto Carlos de Souza (PSDB).

Mas olha, isso no meu tempo se curava com rastel e brita.