Por: Cláudio Costa | 13/11/2015

Duas das novidades da edição da Schützenfest, que iniciou oficialmente nesta quinta-feira (12) e prossegue até o dia 22, no Parque Municipal de Eventos, são o Wilfred’s Bühne, ou palco do Wilfred, e a Schützen Familientag, ou tarde da família. No palco do mascote da festa, as atividades iniciam nesta sexta (13), das 18 às 4 horas, com programação prevista para todas as noites.

Trata-se de um local de encontro das majestades da festa e do próprio Wilfred que, juntamente com os visitantes, se envolverão em jogos germânicos, apresentações culturais a atividades físicas. As competições revivem as tarefas dos primeiros imigrantes alemães e mostram, na prática, o esforço braçal exigidos dos colonizadores da região.

Entre os jogos constam o do serrador, batalha viking, perna de pau, corrida das tamancas, cabo de guerra, além da competição do chope em metro.

Concurso de chope em metro é uma das atrações da festa. Foto: Divulgação

Concurso de chope em metro é uma das atrações da festa. Foto: Divulgação

A Schützen Familientag, ou Tarde da Família, é um espaço previsto para os sábados (14 e 21 de novembro), com atrações culturais, desportivas e recreativas que objetiva a integração familiar. Ocorre sempre das 13 às 17 horas.

Na programação constam espaço para paintball; exposições de viaturas policiais, armas, além da participação dos cães da PM; apresentações teatrais; atividades recreativas; pintura facial e em papel craft; chute a gol; slackline; academia da saúde; zumba em ritmo alemão; tabelas de basquete; voleibol; apresentação de projetos e demonstração de arco e flecha. Para o dia 21 ainda está previsto o 5º Encontro de Veículos Antigos, jogo de tênis e aferição da pressão arterial.

Jogos

Batalha viking – Nesta prova, os competidores precisam se equilibrar sobre um barrote de madeira e derrubar o oponente. O equilíbrio sempre foi algo importante para os colonizadores que, muitas vezes, atravessavam rios sobre troncos de árvores;

Serrador – É necessário cortar um tronco no menor tempo possível. A atividade era muito frequente entre os colonizadores na construção de casas e galpões, necessitando de trabalho conjunto que exigia força, técnica e habilidade;

Perna de pau – Trata-se de uma caminhada que ser percorrida com o menor tempo possível Brincadeira infantil bastante comum na época da colonização;

Corrida das tamancas – Os competidores realizam tarefas no menor tempo possível calçando tamancos de madeira, muito utilizados pelos colonizadores.

Cabo de guerra – Disputa de equipes com uso da corda, com utilidades variadas na colonização como amarrar o gado, os feixes de pasto e içar os barrotes durante a construção das casas.

Programação

Nesta sexta-feira (13), a festa ocorre das 18 às 4 horas, com entrada livre até as 19 horas. Depois, custa R$ 10,00. O pavilhão B recebe, às 18 horas, a Banda Irmãos Radoll; às 20 horas, a Banda Versalles; às 21 e 23h20, apresentação de grupos folclóricos e, a partir das 24 horas, a Adler’s Band. No pavilhão A a música segue no comando da banda XV Show, a partir das 21 horas, e da Banda K’necus, a partir da meia-noite.

Desfile acontece no domingo. Foto: Divulgação

Desfile acontece no domingo. Foto: Divulgação

No sábado (14) a programação segue das 10 às 4 horas da madrugada, com entrada livre até as 19 horas. Depois deste horário, o ingresso custa R$ 10,00. Na programação constam: às 11 horas, a chegada do Moto Passeio Cano Quente. Das 13 às 17 horas, a tarde é da família, com a Schützen Familientag.

No domingo (15) a festa inicia cedo, às 10 horas, com o tradicional desfile das sociedades e entidades pela Rua Walter Marquardt. Participam do desfile oito sociedades de tiro esportivo e mais quatro instituições, além das majestades desta edição da festa, rei e rainha dos atiradores, as majestades do tiro das sociedades, Comissão Central Organizadora (CCO) e bandasmusicais.

O pavilhão B recebe, às 11 horas, a Banda Die Brandt’s und Jeferson e apresentação de grupo folclórico. Às 15 horas, é a vez da Adler’s Band, além de apresentação folclórica e, às 19 horas, apresenta-se a Banda Estrela de Ouro com mais uma atração cultural. O pavilhão A conta com a Banda Recordando o Passado, a partir das 12 horas; às 16 horas é a vez da Super Banda Choppão.

Na segunda-feira a festa segue das 18 às 24 horas, com entrada livre, tendo, no pavilhão B, a Super Banda Choppão a partir das 19 horas, além de apresentações folclóricas às 20h30.