Por: Ricardo Daniel Treis | 3 anos atrás

Você também já notou aquelas minhoquinhas que ficam flutuando irritantemente de um lado para o outro no campo de visão? Não? Então, meu caro mutante, você é parte dos privilegiados 30% da população que não sabem o que é ter uma mosca volante.

volantes01

TIREM ISSO DE MIIIMMMM!!!!

Geralmente vistas quando se olha para um fundo claro, como uma parede branca ou um céu azul, as moscas volantes são minúsculos grumos de gel ou células dentro do corpo vítreo, o fluido gelatinoso que preenche o interior do olho.

4106224_345491eb1f_o

Estes objetos dão a impressão de estar diante do olho, mas de fato estão flutuando lá dentro, e o que se vê são as sombras projetadas sobre a retina. As moscas volantes podem assumir formas diversas, como pequenos pontos, círculos, linhas, nuvens ou teias de aranha. Eu até já considerei batizar as minhas, mas toda vez que tento olhar pra uma, ela foge. 😐

Elas não são perigosas ou coisa assim, porém o aparecimento repentino de muitas delas pode ser sinal de problema:

descolamento

Deslocamento de vítreo

“O vítreo está em contato com toda a retina. Às vezes, a retina pode se romper quando o vítreo degenerado a traciona excessivamente. Uma rotura pode ocorrer sobre um vaso sanguíneo, havendo sangramento para dentro do olho com o aparecimento de mais sombras no campo de visão. Deve-se ficar atento a essa rotura, pois a partir dela pode se desenvolver o descolamento de retina. Qualquer aparecimento repentino de mais moscas volantes requer um exame imediato pelo oftalmologista.” – fonte

E caso você não tenha nenhum problema, mas se sinta muito incomodado por elas, aparentemente é possível resolver o problema com cirurgia. Consulte seu oftalmo.