Por: André Marques | 4 anos atrás

Uma grande parte das pessoas que você conhece já possui conta em banco e como todos sabemos, essas instituições são obrigadas a oferecer uma variedade de serviços gratuitos aos seus clientes. Mesmo assim, este – entre outros – direitos muitas vezes não são divulgados pelo banco, tornando-se assim, desconhecidos aos olhos do clientes, fazendo com que ele tenha gastos desnecessários.

shutterstock_95622052-625x340

Conforme a norma do Banco Central, estas são as operações gratuitas as quais você tem direito:

  • Fornecimento de cartão com função de débito e segunda via, exceto em casos decorrentes de perda, roubo, danificação e outros.
  • Fornecimento de dez folhas de cheques por mês, desde que o correntista tenha os requisitos necessários à utilização de cheques.
  • Realização de até quatro saques por mês, em guichês de caixa, inclusive por meio de cheque, ou em terminal de autoatendimento.
  • Fornecimento de até dois extratos com a movimentação do mês em terminal de autoatendimento.
  • Consultas via internet (bankline).
  • Duas transferências de recursos entre contas na própria instituição, por mês.
  • Compensação de cheques e fornecimento ao cliente pessoa física, até 28 de fevereiro de cada ano, de extrato discriminando, mês a mês, as tarifas cobradas no ano anterior.

O objetivo do uso correto de todos estes serviços é atender o perfil de uso dos consumidores que usam o banco, no mínimo, apenas para operações básicas, dando a eles a condição de manter uma conta bancária sem custo algum.

coaching_624_06-06-12

E aos que usufruem de serviços que não estão na categoria “essenciais”, vale a dica: avalie se não vale mais a pena selecionar algumas opções avulsas e contratar somente os serviços necessários.

E todo consumidor com conta corrente aberta tem direito de migrar para uma apenas com serviços essenciais.

via Catraca Livre