Por: Gabrielle Figueiredo | 19/02/2016

Doenças de pele são umas das doenças mais comuns em cães. Na maioria dos casos, desordens da pele são causadas devido a infecções e reações alérgicas.

As alergias afetam mais a pele do cão, que podem ser alérgicos à comida, à picadas de pulgas, grama, pólen ou a contato direto com certos componentes, como o feno, por exemplo.

O primeiro passo é diagnosticar o comportamento do seu cão e o desafio para você e para o veterinário é descobrir a causa e encontrar um tratamento eficaz. Confira algumas dicas:

Preste atenção a quais partes do corpo do cachorro estão coçando

coceira cão

Há uma área específica que coça mais do que as outras? O animal lambe as patas, embaixo do rabo ou ao longo da barriga? Os locais de irritação mais comuns para os cães alérgicos são perto das costas e do rabo, no abdômen e nas pernas e patas.

Procure lesões na pele do seu cachorro

coceira cão 2

É comum que a coceira do seu cão seja tão severa que ele morda a pele ao ponto de fazer lesões, que podem surgir da noite para o dia e crescer bem rapidamente. A pele fica rosa, úmida, quente e dolorida, e você pode até ver um material grudento saindo da ferida criada. Essas lesões são feridas abertas infectadas e precisam de intervenção veterinária.

Os casos crônicos de coceira podem fazer com que a pele engrosse e fique mais áspera, parecendo pele de elefante. As lesões descritas muitas vezes são sintomas de alergia a pulgas, alimentos, grama, mofo ou outras substâncias ambientais. Pode haver condições subjacentes mais complicadas, como níveis baixos de hormônio tireoidiano (hipotiroidismo) ou doença de Cushing (hiperadrenocorticismo). Infecções secundárias por bactérias e leveduras (malassezia) não são incomuns e requerem tratamento especializado e personalizado.

Considere o tempo

coceira cão 3

Pode haver um período particular do ano em que seu cachorro sente mais coceira; talvez ele se coce mais depois de ficar na grama ou após comer um certo alimento. Ao perceber padrões, você ajudará a reduzir o foco do tratamento do seu bichinho.

Verifique a saúde do seu cão no geral

coceira cão 4

Se ele tiver um odor corporal muito forte, parecer estar com muita sede ou não estiver tão animado quanto normalmente, leve-o ao veterinário. Será necessário fazer exames de sangue e avaliar amostras da pele para obter mais informações e ajudar a definir um tratamento apropriado.

Anote quando perceber a coceira

coceira 5

Sempre que notar que seu cão está se coçando, anote as circunstâncias, incluindo por onde o animal esteve, o que ele comeu e qual parte do corpo dele está coçando. Essas informações serão extremamente úteis para o veterinário, que as usará para restringir as possíveis causas da coceira e das lesões de pele.

Confira mais formas de identificar problemas aqui.
Fonte: WikiHow