Por: Gabrielle Figueiredo | 08/09/2015

O site Melhores Destinos fez um artigo muito bacana sobre como funcionam e quais o serviços disponíveis nas salas VIP dos aeroportos brasileiros, além de trazer dicas para você conseguir aproveitar esse espaço na sua próxima viagem. Confira:

Os lounges ou salas VIP dos aeroportos foram criados fundamentalmente para oferecer conforto e comodidade aos passageiros frequentes das companhias aéreas, clientes que voam em primeira classe ou em classe executiva. Com o tempo, a funcionalidade desses espaços foi sendo ampliada para usuários de outros programas de fidelidade, cartões de crédito e, em alguns casos, até para quem está disposto a pagar pelo serviço.

Fotos: Divulgação Melhores Destinos

Fotos: Divulgação Melhores Destinos

O que esperar de uma sala VIP

Há uma variação muito grande na quantidade e na qualidade de serviços disponibilizados pelos lounges nos aeroportos. Existem salas que são realmente exclusivas, e mais difíceis de serem acessadas, enquanto outras oferecem serviços bem básicos e funcionais. Na dúvida, pesquise e escolha a sala que achar mais conveniente para a sua viagem.

O que praticamente todas as salas oferecem são opções de lanches e de bebidas, servidos à vontade. As comidas variam de salgadinhos, doces, biscoitos, pães, mini-sanduíches, pão de queijo, frutas, queijos, frios, até serviço de bufê completo com pratos quentes, saladas e sobremesas gourmet. Nas salas mais exclusivas, existe até serviço de café da manhã, almoço ou jantar, com garçom e tudo! Para beber, geralmente são disponibilizados refrigerantes e sucos industrializados, água mineral, chás e café expresso. A maioria das salas também oferece uma boa variedade de bebidas alcoólicas, como cerveja, vinho, whisky, espumante, licor etc. Quando melhor a sala, mais e melhores bebidas disponíveis.

sala vip 2

Outro item básico de uma sala VIP é o espaço, geralmente mais agradável que o saguão do aeroporto, com mesas, cadeiras, sofás, sala de TV, tomadas e computadores e banheiros. Algumas salas acabam sofrendo com superlotação em horários de maior demanda, portanto, não espere luxo ou muita privacidade nos lounges mais básicos. Salas mais abastadas oferecem espaço para descanso com cama, espreguiçadeiras, bem como salas de reunião e espaço diferenciado para crianças.

sala vip 3

O último item básico são os serviços. O mais comum é a oferta de jornais, revistas, Wi-Fi, copiadora, impressora e fax. Algumas salas de companhias aéreas também oferecem atendimento exclusivo para os passageiros, incluindo upgrades, mudanças de assentos, reacomodação de voos etc. Salas mais abastadas oferecem serviço de concierge, spa, banho (com toalha, chinelo, xampu, desodorante etc.), massagem expressa, barbearia, manicure e até salão de beleza…

sala vip 4

Opções de acesso às salas VIP

Cartões de Crédito

A forma mais acessível é através dos cartões de crédito que oferecem salas VIP como benefício. Para quem mora no Brasil, os cartões que oferecem a maior quantidade de salas VIP no Brasil e no mundo são: Diners, American Express e cartões que oferecem o Priority Pass e o LoungeKey.

sala vip 5

Diners

O Diners Club possui 9 salas parceiras no Brasil e mais de 400 ao redor do mundo. No Brasil as salas parceiras do Diners Club são:

  • Aeroporto Santos Dumont: sala própria no pré-embarque, 1º andar.
  • Aeroporto Galeão – RJ:  Sala Vip Smiles.
  • Aeroporto de Brasília: Aeroporto VIP Club – sala de embarque – 1o andar
  • Aeroporto de Brasília: VIP Internacional – terminal internacional
  • Aeroporto de Manaus: Sala Vip Fronteira – Terminal 1
  • Aeroporto Internacional de Guararapes – Recife: sala Lucky Viagens, terminal doméstico
  • Aeroporto Internacional de Guararapes – Recife: sala Casablanca Turismo, desembarque
  • Aeroporto Internacional de Pinto Martins – Fortaleza:  sala Casablanca Turismo
  • Aeroporto Internacional de Guarulhos – Terminal 2

Confira a lista de salas VIP Diners no mundo.

O Diners permite o acesso do titular e de 1 acompanhante nas salas próprias, e apenas do titular nas salas parceiras. Cada acompanhante adicional custa US$ 28,00.

Entre os cartões do Diners, o mais acessível, e que permite a utilização das salas VIP é o cartão Diners Club International. A renda mínima exigida é de R$ 3.000 e a anuidade custa 3 x R$ 57, sendo assegurado o desconto de 50% na primeira anuidade (com relatos de leitores que conseguiram a primeira anuidade gratuita). É o melhor custo-benefício do mercado, dada a quantidade de salas que a Diners disponibiliza no mundo. O ponto fraco é que esse cartão oferece apenas 1 ponto por dólar gasto. O Diners Club Exclusive oferece, além do acesso às salas VIP, uma melhor pontuação para conversão de milhas (1,5 ponto por dólar). Por outro lado, exige uma renda mínima mais alta (R$ 7.000) e uma anuidade mais cara (3 x R$ 150).

American Express

A American Express possui 5 salas parceiras no Brasil, além de centenas de salas próprias e parceiras no mundo. As salas VIP American Express no Brasil são:

  • Aeroporto Internacional de Guarulhos – SP: Bradesco Cartões Lounge, pós-embarque, terminal 1, 1º andar.
  • Aeroporto Internacional de Guarulhos – SP: sala parceira Executive Lounge, pós-embarque, terminal 3, piso mezanino.
  • Aeroporto de Congonhas – SP: pós-embarque, em frente ao portão 5.
  • Aeroporto Santos Dumont – RJ:  pré-embarque, 1º andar.
  • Aeroporto Internacional de Guararapes – Recife/PE: sala parceira, terminal 2, piso térreo.

No exterior, a American Express oferece acesso as seguintes salas parceiras:

  • Sala VIP Centurion – em aeroportos internacionais: EUA, México, Argentina e Índia
  • Salas VIP Delta Sky Club (voando Delta): EUA, Filipinas, Japão e Chile
  • Salas Airspace Lounge em aeroportos dos EUA.

Entre os cartões da American Express, apenas o Gold Card e o The Platinum Cardadministrados pelo Bradesco, além dos cartões Bradesco Visa Infinite oferecem acesso à sala VIP domésticas. No caso das salas VIP internacionais, apenas o The Platinum Card oferece acesso.

O The Platinum Card permite o acesso do titular e seu cônjuge e filhos de até 16 anos, ou 1 convidado. O Gold Card permite o ingresso apenas do associado. Cartões adicionais também permitem o acesso. Ao estender esse benefício a outros convidados, é cobrada uma taxa extra de R$ 22,00, que deve ser paga com o cartão.

O cartão mais acessível da AMEX que oferece acesso às salas VIP (Gold Card) exige renda mínima de R$ 8.000 e tem anuidade de 3 x R$ 136,67. Oferece 1,5 ponto por dólar gasto com o Membership Rewards turbo. Já o The Platinum Card só pode ser obtido mediante convite, que costuma ser feito para clientes Gold Card que tenham uma média elevada de gastos, superior a R$ 10.000 por mês.

Priority Pass

É um clube que oferece acesso a mais de 700 salas VIP em aeroportos, em 120 países e em mais de 400 cidades. Funciona independentemente do destino, companhia aérea ou da classe em que o passageiro viaja, mediante associação prévia. Alguns cartões de crédito de alta renda oferecem a associação sem custo.O ranking de cartões de crédito do Melhores Destinos apresenta todas as opções que oferecem o Priority Pass, comparando valor de anuidade, pontuação para conversão em milhas e outros benefícios. Outra opção é comprando um dos planos pelo site do Priority Pass. Existem 3 planos, cuja anuidades variam entre US$ 99 a US$ 399, de acordo com a quantidade de visitas.

LoungeKey

O LoungeKey tem salas em mais de 500 aeroportos no mundo inteiro. O acesso ocorre mediante a apresentação de um cartão de crédito Mastercard Black qualificado, além do pagamento de uma taxa, de US$ 27 pelo uso. Alguns bancos oferecem uma quantidade de convites gratuitos, o que evita o pagamento pelo uso.

Cartões de Fidelidade das Companhias Aéreas

Esse benefício é válido apenas para quem possui status máximo ou quase máximo nos programas de fidelidade das companhias aéreas nacionais e internacionais. O diferencial é que o status pode dar acesso às salas VIP de companhias parceiras ou membros da mesma aliança. O Programa Amigo, Smiles e o TAM Fidelidade oferecem acesso a salas VIP no Brasil e no exterior.

sala vip 6

Voar em classe executiva ou primeira classe

Ao voar em classe executiva ou primeira classe, geralmente é oferecido ao passageiro o ingresso à sala VIP. As regras variam conforme a companhia, mas geralmente é disponibilizada uma sala no mesmo terminal de onde parte o voo da empresa aérea.

Pagamento avulso pelo ingresso

Algumas salas vendem o ingresso avulso para a utilização da sala. O preço geralmente é salgado, variando entre R$ 50 e R$ 150 por pessoa. No entanto, salas próprias de companhias aéreas e de cartões de crédito não costumam permitir o ingresso de cliente avulso.

Dicas para uma melhor experiência na sala VIP 

1. Verifique antes de ir para o aeroporto de qual terminal parte o seu voo e quais salas VIP estarão acessíveis. Em muitos aeroportos os terminais não são conectados, ou ficam muito longe um do outro, tornando a experiência frustrante;

2. Utilize os localizadores de lounges das alianças de companhias aéreas Star Alliance,SkyTeam, Oneworld, bem como do Priority Pass e LoungeKey para encontrar as salas nos aeroportos por onde você for passar. Outra forma de pesquisar é através do site dos aeroportos;

3. Em aeroportos no exterior é comum ter mais de uma opção de sala VIP. Nesse caso, além da localização mais adequada, é possível pesquisar a que oferece os melhores serviços. Por exemplo, se você quiser tomar banho ou estiver viajando com crianças, o serviço de spa ou o espaço kids pode ser uma mão na roda!

4. Verifique previamente a política de acesso de cada sala VIP, especialmente se tiver acompanhante(s). Mesmo dentro dos programas, não é incomum as salas terem políticas diferenciadas para convidados. Alguns aceitam conjugue e filhos, outros limitam a 1 acompanhante ou até não permitem convidados. A maior parte dos lounges exige a apresentação do cartão de crédito e do cartão de embarque para o acesso.

footer_cosmos