Por: Gabriela Bubniak | 2 anos atrás

Elas estão ficando cada vez mais presentes no dia a dia dos moradores e, desta vez, vão aparecer nos supermercados de Jaraguá do Sul! O assunto aqui é sobre as famosas sacolas verdes, do Programa Recicla Jaraguá, destinadas ao armazenamento de produtos recicláveis.

Representantes da Prefeitura e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) estiveram reunidos esta semana para acordar sobre a distribuição das sacolas verdes pelas grandes redes de supermercados da cidade.

IMG_1289

(Foto: Divulgação/PMJS)

A intenção é que até a metade de junho, os estabelecimentos passem a distribuir sacolas plásticas também na cor verde e que poderão ser utilizadas pela população para reciclagem. A medida é uma forma de substituir a distribuição do saco verde pela Prefeitura que foi interrompido no começo do ano por medida de contenção de gastos. A distribuição do saco verde desde 2014, gerava um gasto de R$ 600 mil por ano ao município.

Programa Recicla Jaraguá

Para o prefeito Dieter Janssen, a iniciativa vem ao encontro ao que é preconizado pelo Programa Recicla Jaraguá, que incentiva a população a fazer a separação de materiais recicláveis em casa, dando o destino correto e reduzindo os gastos com a coleta e destino do lixo do município.

Hoje o custo efetivo para a destinação dos resíduos urbanos até o aterro controlado de Mafra é de mais de R$ 330 por tonelada, incluindo a coleta, transbordo, transporte rodoviário e a destinação final, o que representa um gasto anual para o município de mais de R$ 10 milhões. “Não podemos deixar que tanto dinheiro vá literalmente para o lixo a cada ano que passa. Quanto mais aumentarmos a reciclagem e a compostagem, menos lixo será encaminhado ao aterro e o município pode destinar o recurso gasto com a coleta e destinação para outras ações direcionadas à população”, acrescenta.

Fonte: Prefeitura de Jaraguá do Sul
Foto: Daniel Teixeira/Estadão