Por: André Marques | 4 anos atrás

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Alberta, no Canadá, aquela tacinha de vinho que vai de brinde no jantar de uma galera por aí pode sim representar meia hora de exercícios físicos.

Além do vinho minimizar o sedentarismo, colabora para que os músculos evitem envelhecer. Sem falar na melhora na circulação do sangue e aumento da densidade dos ossos.

O responsável por isso é o resveratrol, componente do vinho que também traz vários outros benefícios já conhecidos, como ajudar na prevenção do mal de Alzheimer.

No entanto, é importante lembrar que isso não toma o lugar do bom e velho exercício físico, serve apenas como um auxílio no processo. Viver de maneira saudável na companhia de um bom vinho é excelente para sua saúde.

temperatura-vinho-620x400